27 de março de 2014

MEMÓRIA AIC (21): OS DEFENSORES



 Os Defensores foi uma série de tv que praticamente ocorria dentro da sala de um tribunal, protagonizados por um pai e filho que se especializaram em defender casos complicados.

A série foi criada pelo escritor Reginald Rose, refazendo um drama de duas partes escrito por ele em 1957, para a série de antologia "Studio One", onde Ralph Bellamy interpretava o pai e William Shatner, o filho. Shatner foi posteriormente convidado como promotor em Os Defensores. Os advogados foram protagonizados por E. G. Marshall como Lawrence Preston e Robert Reed como Kenneth Preston.

A música tema foi composta por Frank Lewin e Leonard Rosenman. A série foi apresentada pela primeira vez nos Estados Unidos pela rede CBS, entre 16 de setembro de 1961 a 13 de maio de 1965, num total de 132 episódios, em quatro temporadas.

De acordo com o criador Reginald Rose, "a lei é o tema dos nossos programas:. Não crime, não mistério, não no tribunal para seu próprio bem Nunca fomos interessados em produzir um" quem-fez-isso ", que simplesmente aconteceu de ser resolvido cada semana.


Os Defensores foi a série mais diretamente política da história da televisão, e conseguiu este truque em sua maioria, sem ser didático.


*E. G. Marshall*

  Os personagens centrais, os advogados pai e filho Lawrence e Kenneth Preston (interpretados pelo atores E.G. Marshall e um jovem Robert Reed, respectivamente) assumiram casos que examinaram a saúde da república americana na era Kennedy, olhando para questões que poderiam ter parecido de pequeno alcance, mas, em vez disso, tornou-se considerações importantes de o quanto a elasticidade da Constituição foi feita para suportar.




Questões que incluíam tudo, desde o que constitui pornografia a questões de direitos civis para o direito da mulher ao aborto, e embora a série, ocasionalmente, caiu sob protesto, foi também muito popular com os críticos e audiências. Marshall ganhou um Emmy, assim como escritores da série para todas as quatro temporadas de sua exibição. 


**A SÉRIE NO BRASIL**

Os Defensores foi uma série com roteiros excelentes,  obteve prêmios, teve 4 temporadas nos Estados Unidos (1961-1965), mas no Brasil apenas a 1ª temporada foi exibida e somente pela extinta TV Excelsior de São Paulo.

Devido ao sucesso, a TV Excelsior apostou na série e a estreou em 1965, uma vez por semana, às 21h. Entretanto, logo teve que alterar o horário de exibição devido a baixa audiência, onde a TV Record sempre ganhava.

O motivo era bem simples: os casos apresentados, apesar de textos e interpretações excelentes, estavam totalmente ligados aos problemas americanos da década de 60, não tendo havido uma identificação com o público brasileiro.

Mesmo a TV Excelsior exibindo-a mais tarde e em outro dia, decidiu retirá-la do ar com cerca de apenas 15 episódios exibidos.

No final de 1968, a TV Excelsior retornou com a série exibindo-a após Missão Impossível. A emissora acreditava que o sucesso desta levaria a audiência para Os Defensores.
 A princípio isto ocorreu, porém não se sustentou durante muito tempo e a Excelsior exibiu somente a 1ª temporada, num horário já muito tarde da noite, o que para época não era meio comum as emissoras passarem muito além da meia-noite.

Em todas as pesquisas que efetuamos, não encontramos a exibição de Os Defensores por outra emissora. A série foi produzida ainda em preto e branco, fato que a baniu de vez de nossa tv.




**A DUBLAGEM AIC**

Realizada entre 1964/65, a dublagem de Os Defensores possui uma excepcional qualidade, uma vez que há uma mistura de dubladores ainda influenciados pelo radioteatro e alguns que estavam surgindo no meio da dublagem, porém efetuando um trabalho de extrema qualidade dando uma nova forma na arte de dublar.

É muito interessante este fato e demonstra que Os Defensores teve uma dublagem num período de transição da AIC.

Há dados conflitantes de que a série teve como diretor de dublagem Wolner Camargo ou Hélio Porto, seja como for, os dubladores principais e convidados foram muito bem escalados.


**ELENCO / PERSONAGENS / DUBLADORES**


*E.G.Marshall (Lawrence Preston): Wolner Camargo*


*Robert Reed (Kenneth Preston): Dênis Carvalho*


*Narração de abertura: Ibrahim Barchini*


OBS> Nesta série, Ibrahim Barchini narra: "Versão brasileira da Arte Industrial Cinematrográfica S. Paulo" somente nos créditos.


Temos aqui um episódio de Os Defensores, o qual traz como curiosidade Older Cazarré e Olney Cazarré como dubladores de atores convidados.



**VAMOS REVER 1 EPISÓDIO DE OS DEFENSORES**









**Marco Antônio dos Santos**

1 comentários:

Cassio Queiros disse...

Outro post sensacional e com uma raridade como esta: "Os Defensores". A criação de Reginald Rose não teve, como frisou o Marco, o interesse que merecia. Wolner Camargo e Denis Carvalho estão perfeitos e que prazer ouvir, juntos, as vozes dos lendários e inesquecíveis irmãos Cazarré. E, claro, agradecer ao Marco Antonio, um homem só mas que equivale a um exército inteiro da memória.

Postar um comentário