24 de junho de 2012

DUBLAGEM INESQUECÍVEL (15): PERDIDOS NO ESPAÇO / PARTE 3


A 3ª temporada de Perdidos no Espaço iniciou com o auge da audiência nos Estados Unidos e também no Brasil. Os roteiristas optaram por misturar um pouco do estilo das aventuras mais sérias da 1ª temporada, com o humor e a sátira em outros episódios.
Apesar de excelentes roteiros, a série sofreu (como tantas outras), um corte de verba na sua produção. É algo que foge à nossa compreensão ocorrer esse tipo de fato que, praticamente, as séries americanas acabam passando.

Primeiramente, se observarmos bem, foi construído outro cenário para o interior da espaçonave Júpiter II. Apesar de continuar a escada ligando os dois andares da nave, percebe-se claramente que não há mais nenhum buraco para a passagem, assim os personagens só utilizam o elevador. Também o andar inferior ficou bem mais reduzido, principalmente se nos remetermos à apresentação da espaçonave no 1º episódio da série.

Para reduzir mais os custos e dar mais agilidade aos roteiros, foi criada a cápsula do Júpiter II, a qual poderia ir numa velocidade mais rápida para investigar algum fato. Dessa forma, os Robinsons não se fixavam em nenhum planeta. As aventuras ocorriam no espaço, ou num planeta isolado. Isso fez com que se perdesse aquela sequência de fatos das duas temporadas anteriores, ou seja, nunca sabíamos como, de um episódio para outro, estavam num determinado lugar.


Observem, no lado externo da cápsula, a identificação J - 2A 277-270. J - 2A seria Júpiter 2A, e 277-270 era o número de telefone do escritório de Irwin Allen na Fox.

**Cápsula do Júpiter II**


Também a abertura da série ficou mais dinâmica, onde os personagens passam por um perigo e o novo narrador da AIC, Carlos Alberto Vaccari, faz uma contagem regressiva.



Houve também a extinção da estrutura utilizada, nas temporadas anteriores, da parada de cena no final e o narrador convidando ao telespectador para ver o que aconteceria com o personagem.
Nesta temporada, após o término do episódio, há um pequeno trailer com as cenas mais significativas do próximo, assim como há um narrador comentando as situações de perigo e pequenas cenas com os personagens falando.


**TEMAS DOS EPISÓDIOS DA 3ª TEMPORADA**

Os roteiristas procuraram um caminho bem distinto das temporadas anteriores, havendo uma mensagem embutida em muitos episódios.

Dessa forma, foram abordados temas diversos: as falhas do sistema prisional (Os Condenados), viagens no tempo (em pelo menos dois episódios), a solidão (Ataque à Terra), o amor na adolescência (O Inacreditável Zaibo), as injustiças da Justiça (Os Prisioneiros), contatos de extraterrestres com o nosso planeta (Visita a Um Planeta Hostil).

 Como sempre, há também comédia, suspense (As Criaturas da Névoa), batalhas (O Inacreditável Monstro Vegetal), ficção científica (Robinson Nº 2, Visita a Um Planeta Hostil e outros), romance e sentimento patriótico (O Inacreditável Zaibo), a vaidade feminina (Concurso de Beleza Cósmica), à repulsa à luta entre espécies inteligentes (A Noite do Caçador) e temas bizarros (A Revolta das Plantas). Nos divertimos até mesmo com o Robô embriagado por um mercenário (Alberto Monte) com sotaque espanhol em "A Princesa do Planeta Gelado".




**A PERDA DA DUBLAGEM DOS TRAILERS DA 3ª TEMPORADA**

Perdidos no Espaço era exibido semanalmente pela Tv Record, aliás o narrador sempre dizia "Na próxima semana... ou Na semana passada, como bem recordam" e os trailers dos episódios da 3ª temporada também chamavam a atenção do telespectador para a próxima semana.
Enquanto a série foi exibida pela TV Record, os trailers dublados e narrados por Carlos Alberto Vaccari foram todos exibidos.
Ao migrar, em 1970, para a TV Globo, a série era exibida 3 vezes por semana, sendo assim, a emissora começou a obstruir o áudio de "na próxima semana".

Com o decorrer do tempo, a Tv Globo, simplesmente, começou a reduzir o tempo de exibição dos episódios, cortando as paradas de cenas e também os trailers da 3ª temporada.
Literalmente, conforme nossas informações, esses trailers foram jogados no lixo e nunca mais retornaram em nenhuma outra emissora que esta temporada tenha sido exibida.

Quando Perdidos no Espaço foi exibido pelo canal a cabo Fox, causou grande surpresa a ausência dos trailers. Em contato telefônico com a emissora descobrimos que não havia a dublagem em português dos trailers, uma vez que a própria Fox, do Brasil, não tinha a matriz desses áudios.
Somente quando a 3ª temporada foi lançada em dvd é que os trailers surgiram, porém a distribuidora os legendou.


**Verifiquem um trailer de um episódio de Perdidos no Espaço, o qual infelizmente, perdeu a dublagem da AIC**



**CRISE NO ELENCO**


Apesar das tentativas de que os roteiros não se fixassem tanto em Will, o Robô e Dr. Smith, o público adorava o trio. Assim, Guy Williams começa a esboçar a sua insatisfação com o seu personagem, além de criticar os roteiros. Nos episódios finais de Perdidos no Espaço, ele desaparece no meio da aventura, devido à discussões com Irwin Allen.

 Por outro lado, os demais atores também começaram a concordar com Guy Williams e há casos muito curiosos como nos episódios "A Revolta das Plantas" e "A Enorme Sucata do Espaço" ( os dois últimos ), onde praticamente quase todos desaparecem no meio da história, ficando Will, o Robô e Dr. Smith.


**Episódio "A Revolta das Plantas"**


Mesmo a 3ª temporada terminando com essa pequena crise entre roteiristas e , principalmente, Guy Williams, a Fox e Irwin Allen não cogitavam o cancelamento da série que ainda conseguia atrair o público. Há, segundo especialistas em Perdidos no Espaço, dois roteiros dos episódios iniciais de uma 4ª temporada, os quais nunca foram produzidos.

Durante o período de férias, já quase no término, todos foram comunicados do cancelamento definitivo da série. Há também a hipótese de que o projeto da série Terra de Gigantes para ser produzida era de altíssimo custo, sendo assim a Fox preferiu apostar numa nova série, muito avançada para a época, e Allen acabou preferindo concentrar todos os custos e produção em Terra de Gigantes.

Dessa forma, a família Robinson ficou sem um episódio final que mostrasse o seu retorno ao planeta Terra, algo que ocorreu também com os personagens de Terra de Gigantes e com os cientistas da série O Túnel do Tempo que ficaram perdidos "em alguma parte dos infinitos caminhos do tempo".

Seja como for, Perdidos no Espaço, desde 1965, conseguiu trilhar um caminho de muito sucesso e até hoje ainda possui uma legião de fãs. No Brasil, a dublagem realizada pela AIC contribuiu significativamente para o sucesso alcançado nos últimos 45 anos após a sua estreia pela Tv Record.


**A DUBLAGEM DA 3ª TEMPORADA**


Nesta temporada, todos os dubladores estão com pleno domínio de seus personagens e Borges de Barros simplesmente demonstra cada vez mais o seu potencial para dublar Dr. Smith.
Apenas tivemos duas alterações: a 1ª foi a do narrador da abertura que é dada a Carlos Alberto Vaccari e a 2ª foi a substituição de Amaury Costa na dublagem do Robô.
Ainda recém chegado à dublagem, Gilberto Baroli assumi os últimos dez episódios da série. Certa vez, em uma palestra, Baroli disse que "quando eu estava tomando gostinho pela coisa, a série terminou...", mas foi a sua grande "porta de entrada na dublagem", dividindo a bancada com Helena Samara, Maria Inês, Borges de Barros e os demais.

Como Hélio Porto não estava mais na AIC, praticamente esta temporada foi dirigida por Ary de Toledo, o qual estava desde o início da série e possuía uma grande experiência em direção de dublagem.
Dentre os diversos dubladores convidados tivemos: Raimundo Duprat, José Soares, Waldyr Guedes, Magno Marino, João Ângelo, Flávio Galvão, Deise Celeste, Dráusio de Oliveira, Rita Cleós, Carlos Campanile, entre outros.


**PERDIDOS NO ESPAÇO E A DUBLAGEM DA AIC**

"Lembro-me que à época da 3ª temporada de Perdidos no Espaço, a AIC já não era o estúdio com exclusividade total sobre a dublagem de todas as séries da TV. Eu tinha muito medo de que outro estúdio fizesse a dublagem e tudo fosse mudado. Mas, felizmente, ela soube superar algumas dessas crises e, mesmo em suas últimas horas, manteve a dignidade e a qualidade construídas como o maior estúdio de dublagem de todos os tempos. Seu encanto superou as crises financeiras e o trabalho que realizou será eternamente lembrado. Felizmente a Fox brasileira teve o bom senso de manter esse legado quando lançou a série em DVDs. Borges de Barros lamentou a homenagem e o reconhecimento tardios, ressaltando também que uma convenção de lançamento e um brinde com os três boxes de DVDs para os dubladores ainda vivos na época representava uma recompensa muito pequena para uma obra de inestimável valor. Essa obra começou com a tradução inicial de Hélio Porto, a perfeita escolha do elenco, a sábia substituição dos dubladores quando foi necessário e os geniais "cacos" criados especialmente por Borges de Barros, como "lata de sardinha", "lata velha", "ignóbil paspalho", "paspalho enferrujado" e outros. Um gênio da dublagem podia nos inferir o mau humor de Moe, de os Três Patetas, e ao mesmo tempo nos fazer sentir toda a fragilidade do vilão afetado, nosso adorável Dr. Smith.

 
Já se vão mais de quatro décadas desde que Perdidos no Espaço e a Versão Brasileira AIC São Paulo nos encantaram. Felizmente, Deus fez justiça ao descaso dos empresários e hoje podemos curtir ambos no conforto de nossas casas, voltar ao tempo com o "Mercador do Tempo", viajar no Júpiter 2 e sonhar em voltar a uma Terra muito mais inocente que a de hoje, porém mais feliz. Um abraço para todos vocês, fãs de Perdidos no Espaço e da AIC São Paulo. Espero que este belo blog sobre as dublagens deste maravilhoso estúdio seja sempre "Uma nova viagem por galáxias desconhecidas", sejam elas de Perdidos no Espaço, Terra de Gigantes a Jeannie é um Gênio ou A Feiticeira."


**Texto de autoria de Rawlinson Furtado**

Episódio "O Planeta Prometido"


**REVENDO DOIS EPISÓDIOS DA
 3ª TEMPORADA**
OBS> Único episódio em que o Júpiter 2 aparece nitidamente voando*


*OBS> A partir deste episódio, Gilberto Baroli dubla o Robô B-9*




Veja na Parte 4:
*Perdidos no Espaço: uma obra de arte na dublagem*


**Marco Antônio dos Santos**

2 comentários:

Jorge Luiz De Almeida Yoo disse...

Parabéns pelo blog!!! Grato por dividir essas informações!!! Estou tentando me lembrar de um episódio em que se não me engano o Will Robsinson está numa caverna e tem um buraco e ele vê a Terra numa época de Natal. Vc saberia me dizer que episódio foi esse? Desde já agradeço. Meu e-mail é o jorgeyoo@hotmail.com

PauloCoutinho disse...

Assisti a tudo quando criança e hj tenho o prazer de rever diariamente pela Rede Brasil. Começa tarde. 2h30 da matina, mas vale a pena!

Postar um comentário