1 de dezembro de 2011

MEMÓRIA AIC (14): O HOMEM DE VIRGÍNIA


The Virginian ou O Homem de Virginia era uma série de TV do gênero western centrada por volta de 1880, numa pequena vila de Wyoming chamada Medicine Bow, onde chega um misterioso vaqueiro chamado por todos de "O Homem de Virginia" e logo é contratado pelo juiz da cidade, Henry Garth como seu capataz em seu rancho em Shiloh.

Lá, ele conhece a filha adotiva do juiz chamada Betsy Garth e um outra empregada chamado Molly Wood. Como capataz ele passa a usufruir de grande respeito e consideração por parte dos vaqueiros, ajudantes e administradores. No rancho, ele toma como um grande aliado um sujeito chamado Trampas, outro ajudante de rancho, que por muitas vezes acaba se metendo em encrencas por envolver-se com as mulheres.

A série durou cerca de oito anos e seu grande diferencial em relação as outras produções do gênero, era que cada episódio tratava de um tema diferente e aprofundando o caráter dos personagens, funcionando como uma grande novela de faroeste.

**O elenco inicial da série**


Todos os capítulos seguiam a linha de introdução e tratavam de temas de cunho moral, sobre a justiça ou relações humanas. Produzida entre 1962 e 1971, teve um total de 249 episódios, que possuíam cerca de 70 minutos de duração, impraticável para as nossas emissoras abertas atualmente.

Conforme as nossas pesquisas, as poucas temporadas exibidas no Brasil, ainda possuem a dublagem, uma vez que a série foi produzida pela Universal, porém nem nas madrugadas, o canal a cabo Universal Channel exibe.


Dubladores / AIC 

James Drury (The virginian): Wilson Ribeiro.
Lee J. Coobb ( Juiz Henry Garth): Borges de Barros.
Doug McClure (Tramps): Flávio Galvão.
Gary Clarke (Steve Hill): Marcelo Gastaldi.
Roberta Shore (Betsy Garth): Aliomar de Matos.



A 1ª temporada de O Homem de Virgínia foi dublada pela Herbert Richers, entretanto, esta foi redublada pela AIC, em 1967, a qual dublou mais duas temporadas.
 Aliomar de Matos que chegou à AIC nesse ano, assumiu a mesma personagem que dublara no estúdio Herbert Richers.
Talvez, um dos primeiros casos de que se tem notícia de uma redublagem, mas ignoramos totalmente as razões de tal fato.

 O Homem de Virgínia estreou na extinta TV Tupi e somente foi exibido nessa emissora. Não conseguimos nenhuma confirmação de alguma outra emissora a ter exibido.


Infelizmente, mais uma grande série de tv, com roteiros altamente bem escritos, ótima produção, que poderia ainda ser assistida, através de alguma tv a cabo.

O Homem de Virgínia foi exibido na década de 1970 pela TV Difusora de Porto Alegre, emissora esta que fazia parte da REI (Rede de Emissoras Independentes), da qual a TV Record - SP fazia parte e também a TV Rio, porém não conseguimos localizar, em nenhum momento, a sua transmissão pela TV Record de São Paulo.

Em 1972, há fontes que indicam ter sido exibida pela TV Bandeirantes, pela primeira vez a cores no Brasil.

**VÍDEO 1: Propaganda introdutória dos patrocinadores da série O Homem de Virgínia**

video


**VÍDEO 2: Abertura da 1ª temporada de O Homem de Virgínia**
video

**VÍDEO 3: Trecho da 1ª temporada dublada pela Herbert Richers, abertura narrada por Milton Rangel**
video

**VÍDEO 4: Abertura dublada da série, narrada por Carlos Alberto Vaccari**
video



**Marco Antônio dos Santos**

2 comentários:

luiz antonio disse...

Muito boa essa lembrança.Espero que a "VideoSeries" não se esqueça dessa maravilhosa série( e é claro,com a dublagem AIC).Parabéns,Marco.

Gerson Ferreira disse...

A série teve a sua primeira dublagem em 1965 no Rio de Janeiro, para a Tv Tupi. No elenco tem Domício Costa como O Virginiano, Orlando Prado como Trampas, Ênio Santos fazendo o Juiz, e Cirano de Souza fazendo Steve. Um fato curioso é que Betsy teve a voz de Aliomar no Rio, e quando se mudou para São Paulo respeitaram sua personagem, a escalando novamente para tal. Outro fato curioso é que essa dublagem teve até um jantar com os dubladores (Do Rio) em comemoração, feita pela Tv Tupi.

Postar um comentário