11 de maio de 2011

MEMÓRIA AIC (11): CANNON



Cannon era uma série de tv estrelada por William Conrad, que interpretava o detetive Frank Cannon e representava uma real mudança dos tradicionais investigadores particulares suaves e de rostos bonitos daquela época.

Ele era gordo, tinha por volta de 60 anos, meio careca, com as feições de sujeito mal encarado, cobrava altas taxas aos seus clientes por seus serviços, mas também trabalhava, muitas vezes, sem custos, para as pessoas menos favorecidas.

Ele levava um alto estilo de vida, que incluía até um luxuoso automóvel Lincoln Mark IV, frequentemente atingido e danificado. Raramente dava algum tiro, nem batia nos adversários.

Ele já havia sido casado, tinha um filho, mas não moravam com ele. Cannon era um sujeito muito honesto, já havia trabalhado como policial. A série foi apresentada originalmente nos Estados Unidos, pela rede CBS, entre 1971 a 1976, num total de 125 episódios.



**A  DUBLAGEM  NO  BRASIL **


Cannon foi dublado pelo veterano dublador Wolner Camargo, o qual foi um dos primeiros diretores de dublagem no início da AIC. Sua voz forte, límpida e aliada à extraordinária interpretação compuseram  o personagem perfeitamente para a tv brasileira.

A série estreou na Tv Bandeirantes, em 1972, logo após o início das transmissões a cores pelas emissoras de tv, as quais ainda dependiam muito de programas estrangeiros. Das 5 temporadas produzidas, foram exibidas 3, num total de 75 episódios.

A série fez um enorme sucesso na época e permaneceu na Tv Bandeirantes por muito tempo, até por volta de 1976, migrando para a Tv Record, porém permanecendo apenas dois anos.

A AIC dublou a 1ª temporada, entretanto, devido à crise econômica que se ampliava, a 2ª e 3ª temporadas foram dubladas pelo estúdio Cinecastro, o qual já possuía um estúdio em São Paulo nessa época, localizado bem próximo da AIC.
Wolner Camargo permaneceu dublando Cannon também na CineCastro de São Paulo.

Infelizmente, após a sua última exibição pela TV Record, por volta de 1977/78, a série nunca mais retornou às emissoras abertas e nem a cabo. Com roteiros muito bem escritos, uma característica da Quinn Martin Productions, que obteve sucessos com as séries O Fugitivo, Os Invasores, São Francisco Urgente e Barnaby Jones.

**VAMOS REVER A DUBLAGEM DE CANNON PELA AIC**


**FONTE DE PESQUISA:

*Site TV Sinopse / Arquivos Jornal A Tribuna - Santos / Acervo Pessoal**



**Marco Antônio dos Santos**

1 comentários:

Cassio disse...

Caro Sr.Marco Antonio,
Infelizmente, só descobri agora o blog do senhor mas antes tarde do nunca. Parabéns por este trabalho de amor, se me permite dizer, mas hercúleo sem dúvida alguma. Foi uma delícia rever as imagens de uma de minhas séries favoritas da década de 70: Cannon. Com aquele tema musical eletrizante de John Parker e com um detetive totalmente inusitado, o senhor deve concordar: gordinho, de meia idade e sem usar arma alguma! Ele ganhava até do Jim Rockford nestes quesitos. E que dublagem ótima, não é verdade? Muito obrigado e por favor não deixe de nos deliciar com este blog que é um "primus inter pares".

Postar um comentário