9 de junho de 2010

DUBLADOR EM FOCO (88): CELSO VASCONCELLOS




Celso Vasconcellos nasceu no Rio de Janeiro em 24 de outubro de 1953. Começou a carreira ainda bem jovem, pré-adolescente como radioator na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, lá permaneceu alguns anos.

No final da década de 1960 veio para São Paulo tentar TV, porém acabou entrando para a dublagem na AIC, lá ficou algum tempo e retornou para o Rio de Janeiro ainda no final da década de 1960.


Na AIC, ganhou um personagem para dublar no filme O Corcunda de Notre Dame, produção de 1939, dublando o personagem Gringoire, interpretado pelo ator Edmond O'Brien, uma excelente atuação de Celso Vasconcellos ao lado de grandes veteranos na dublagem ( leia a matéria sobre a dublagem deste filme, já postada neste blog).

 Ainda na AIC, participou dublando convidados em séries da época como Jornada nas Estrelas e Agente 86.


** COLUMBO: UMA DUBLAGEM MAGISTRAL DE CELSO VASCONCELLOS

No Rio de Janeiro, seguiu a carreira de dublador participando também da TV Cinesom, onde dublou o personagem Batman na 3ª temporada da série, contudo, foi no estúdio Herbert Richers, onde fez personagens marcantes em sua carreira como o tenente Columbo, interpretado por Peter Falk, John Boy interpretado por Richard Thomas em Os Waltons e Alexander Mundy interpretado por Robert Wagner em O Rei Dos Ladrões, entre outros.


** A 1ª VOZ DE JOHN BOY NA SÉRIE OS WALTONS **

Dublou grandes atores como Sean Connery em O Vento e o Leão, Sidney Poitier em Adivinhe Quem Vem Para Jantar, também fez o ator Alain Delon em Borsalino, o cantor Elvis Presley em O Prisioneiro do Rock, Montgomery Clift em Um Lugar Ao Sol, dentre muitos outros atores.


**ADVINHE QUEM VEM PARA O JANTAR**


Além dos grandes atores, aos quais emprestou a sua voz, Celso também foi excelente em desenhos: fez o inesquecível Líder Optimus em Transformers, fez o Doutor Ben Cooper no clássico desenho Jana, a Rainha das Selvas, foi o Aquaman, fez o motoqueiro Ernie Devlin, da produção de Hanna Barbera: Devlin, o Motoqueiro e na Arca do Zé Colméia foi a voz do Wally Gator.

Na década de 1980, Celso mesmo dublando no Rio de Janeiro, sempre manteve sua clinica veterinária, intercalando com a dublagem. Desse período já dublou um pouco menos, mas há diversas participações em desenhos e séries da época como A Gata e o Rato, MacGyver, etc.


Celso Vasconcellos é mais um grande nome da galeria de excelentes dubladores, o qual iniciou, assim como muitos, na "grande escola de dublagem" AIC.


** ALGUNS TRABALHOS:


- Gringoire (Edmond O'Brien) em O Corcunda de Notre Dame (1939)
- John-Boy Waltons (Richard Thomas) em Os Waltons (1ª voz)
- Columbo (Peter Falk) em Columbo
- Ernie Devlin em Devlin, o Motoqueiro
- Dan Moroboshi (Kouji Moritsugu) em Ultraseven
- Líder Optimus em Transformers
- Ed em Laboratório Submarino
- Dr. Ben Cooper em Jana, a Rainha das Selvas
- Cyborg em Super Amigos
- Wally Gator em A Arca do Zé Colméia
- Aquaman em Aquaman (Desenho)
- Alexander Mundy (Robert Wagner) em O Rei dos Ladrões
- Doutor John Wade Prentice (Sidney Poitier) em Adivinhe Quem Vem Para Jantar
- Roch Siffredi (Alain Delon) em Borsalino
- Mulai Ahmed Er Raisuli (Sean Connery) em O Vento e o Leão
- Jack Cates (Nick Nolte) em 48 Horas



** Aqui, um trecho do filme "O Corcunda de Notre Dame", no qual Celso Vasconcellos dubla o ator Edmomd Obrien, um de seus primeiros trabalhos de destaque na AIC:


 ** Marco Antônio dos Santos **

2 comentários:

giggios disse...

Acompanho as dublagens na televisão brasileira desde os anos '70. Muitas vozes lindas já apareceram, mas a voz de Celso Vasconcellos era a mais bela. Dois dos destaques, entre muitos, estão "Cortina Rasgada" e "A Verdadeira História de Frankenstein". Grande abraço Celso.
Giggio Stece
ps: cheguei até este artigo através da novela "Maria, Maria" descrita na Wikpedia, pois eu lembrei do seu papel de vilão naquela novela (excelente interpretação!!!).

Celso Vasconcellos disse...

Obrigado pelos elogios, Giggios.

Postar um comentário