9 de junho de 2010

DUBLADOR EM FOCO (88): CELSO VASCONCELLOS




Celso Vasconcellos nasceu no Rio de Janeiro em 24 de outubro de 1953. Começou a carreira ainda bem jovem, pré-adolescente como radioator na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, lá permaneceu alguns anos.

No final da década de 1960 veio para São Paulo tentar TV, porém acabou entrando para a dublagem na AIC, lá ficou algum tempo e retornou para o Rio de Janeiro ainda no final da década de 1960.


Na AIC, ganhou um personagem para dublar no filme O Corcunda de Notre Dame, produção de 1939, dublando o personagem Gringoire, interpretado pelo ator Edmond O'Brien, uma excelente atuação de Celso Vasconcellos ao lado de grandes veteranos na dublagem ( leia a matéria sobre a dublagem deste filme, já postada neste blog).

 Ainda na AIC, participou dublando convidados em séries da época como Jornada nas Estrelas e Agente 86.


** COLUMBO: UMA DUBLAGEM MAGISTRAL DE CELSO VASCONCELLOS

No Rio de Janeiro, seguiu a carreira de dublador participando também da TV Cinesom, onde dublou o personagem Batman na 3ª temporada da série, contudo, foi no estúdio Herbert Richers, onde fez personagens marcantes em sua carreira como o tenente Columbo, interpretado por Peter Falk, John Boy interpretado por Richard Thomas em Os Waltons e Alexander Mundy interpretado por Robert Wagner em O Rei Dos Ladrões, entre outros.


** A 1ª VOZ DE JOHN BOY NA SÉRIE OS WALTONS **

Dublou grandes atores como Sean Connery em O Vento e o Leão, Sidney Poitier em Adivinhe Quem Vem Para Jantar, também fez o ator Alain Delon em Borsalino, o cantor Elvis Presley em O Prisioneiro do Rock, Montgomery Clift em Um Lugar Ao Sol, dentre muitos outros atores.


**ADVINHE QUEM VEM PARA O JANTAR**


Além dos grandes atores, aos quais emprestou a sua voz, Celso também foi excelente em desenhos: fez o inesquecível Líder Optimus em Transformers, fez o Doutor Ben Cooper no clássico desenho Jana, a Rainha das Selvas, foi o Aquaman, fez o motoqueiro Ernie Devlin, da produção de Hanna Barbera: Devlin, o Motoqueiro e na Arca do Zé Colméia foi a voz do Wally Gator.

Na década de 1980, Celso mesmo dublando no Rio de Janeiro, sempre manteve sua clinica veterinária, intercalando com a dublagem. Desse período já dublou um pouco menos, mas há diversas participações em desenhos e séries da época como A Gata e o Rato, MacGyver, etc.


Celso Vasconcellos é mais um grande nome da galeria de excelentes dubladores, o qual iniciou, assim como muitos, na "grande escola de dublagem" AIC.


** ALGUNS TRABALHOS:


- Gringoire (Edmond O'Brien) em O Corcunda de Notre Dame (1939)
- John-Boy Waltons (Richard Thomas) em Os Waltons (1ª voz)
- Columbo (Peter Falk) em Columbo
- Ernie Devlin em Devlin, o Motoqueiro
- Dan Moroboshi (Kouji Moritsugu) em Ultraseven
- Líder Optimus em Transformers
- Ed em Laboratório Submarino
- Dr. Ben Cooper em Jana, a Rainha das Selvas
- Cyborg em Super Amigos
- Wally Gator em A Arca do Zé Colméia
- Aquaman em Aquaman (Desenho)
- Alexander Mundy (Robert Wagner) em O Rei dos Ladrões
- Doutor John Wade Prentice (Sidney Poitier) em Adivinhe Quem Vem Para Jantar
- Roch Siffredi (Alain Delon) em Borsalino
- Mulai Ahmed Er Raisuli (Sean Connery) em O Vento e o Leão
- Jack Cates (Nick Nolte) em 48 Horas




** Aqui, um trecho do filme "O Corcunda de Notre Dame", no qual Celso Vasconcellos dubla o ator Edmomd Obrien, um de seus primeiros trabalhos de destaque na AIC:
video




 ** Marco Antônio dos Santos **

1 comentários:

giggios disse...

Acompanho as dublagens na televisão brasileira desde os anos '70. Muitas vozes lindas já apareceram, mas a voz de Celso Vasconcellos era a mais bela. Dois dos destaques, entre muitos, estão "Cortina Rasgada" e "A Verdadeira História de Frankenstein". Grande abraço Celso.
Giggio Stece
ps: cheguei até este artigo através da novela "Maria, Maria" descrita na Wikpedia, pois eu lembrei do seu papel de vilão naquela novela (excelente interpretação!!!).

Postar um comentário