4 de junho de 2010

DUBLADOR EM FOCO (86): JOÃO PAULO RAMALHO




João Paulo Ramalho nasceu a 6 de agosto de 1932. Iniciou a sua carreira também no Rádio. Foi radioator desde meados da década de 1950, tendo participado da Rádio São Paulo, o grande celeiro que deu origem a diversos dubladores para a AIC.

Entretanto, em 1965, o gênero rádio-novela estava chegando ao fim devido à ascensão das telenovelas, principalmente da TV Excelsior. Assim, João Paulo Ramalho, a convite de Wolner Camargo, vai para a AIC, onde inicia em dublagem.

Sua voz sempre muito marcante, suave, se adaptava muito bem a personagens fortes e até que exigiam uma forte interpretação, um de seus primeiros personagens foi o Dr. Michael Rossi, interpretado pelo ator Ed Nelson, na série A Caldeira do Diabo (Peyton Place), substituindo o dublador Neville George.

 Seus trabalhos em filmes foram extraordinários. Podemos citar a dublagem do ator Kirk Douglas em Spartacus e o ator Rod Taylor no fascinante filme Os Pássaros.

** KIRK DOUGLAS NO FILME SPARTACUS **

Curiosamente, foi o dublador mais frequente de Zé do Caixão, pois seus filmes necessitavam ser dublados. Fez diversos convidados em séries de tv da época: Daniel Boone, Viagem ao Fundo do Mar, Lancer, etc.

Ficou muito conhecido por dublar o personagem Mark Wilson na série de tv Terra de Gigantes, mais um excelente desempenho.
Outro personagem fixo que obteve, em série, foi Tarzan, de 1966, dublando o ator Ron Ely, cuja dublagem também desapareceu, dando lugar a uma redublagem da série, na década de 1970, pelo estúdio Herbert Richers. Participou da última série de tv dublada pela AIC , em 1976, dublando o ator Martin Milner na série A Família Robinson.

** MARK WILSON NA SÉRIE TERRA DE GIGANTES **

Nas décadas de 1970/80 também participou de filmes nacionais, um dos personagens mais conhecidos foi o promotor de Justiça no filme "Jeca e seu filho preto" de Mazzaroppi.
Ainda durante a década de 1980 volta a se dedicar à dublagem, o que fez até 1997/98.

Como dublador ficou mais conhecido por dublar personagens de Tokusatsu, principalmente vilões, no estúdio Álamo.

Dublador paulistano de Chuck Norris na melhor fase.

TRABALHOS:

TOKUSATSUS:

- Jean Marrie em Jiban
- Makoto Dolbara/Imperador Neroz em Metalder
- Professor K em Machine Man
- Kato em Spectreman
- Tubarão Mor, Aburamu (1°voz), Storm (2°voz) e etc em Jiraiya
- Grande Rei em Black Kamen Rider
- Muitos monstros em Lion Man
- Santo Protetor, Pai de Den Iga e várias pontas em Sharivan.
- Diretor da dublagem de Kamen Rider Black RX

ANIMES:

- Lucifer em Cavaleiros do Zodiaco- A Batalha Final (Gota Mágica)
- T. Hawk em Street Fighter II (Movie)

FILMES:

- Chuck Norris (Braddock 2 O Início da Missão, Braddock 3 O Resgate, Os Aventureiros do Fogo, Comando Delta e Comando Delta 2 - Conexão Colômbia)
- Kirk Douglas em Spartacus
- Kirk Douglas em Ulysses
- Rod Taylor em Pássaros
- Randolph Scott em Resgate de Bandoleiros
- Vilão em O Dragão Chinês
- Umbopo em As Minas do Rei Salomão

Segundo informações de um familiar, João Paulo Ramalho, depois que se afastou da dublagem, foi residir no litoral de São Paulo, na cidade de Praia Grande. Infelizmente, veio a falecer a 10 dezembro de 2006, aos 74 anos, de insuficiência hepática.


** Aqui, dublando o personagem Dr. Rossi na série A Caldeira do Diabo (Peyton Place),ao lado de Ézio Ramos, Dráusio de Oliveira e Isaura Gomes**
video


** Neste vídeo da série Viagem ao Fundo do Mar, João Paulo Ramalho dubla uma criatura anfíbia, a qual é interpretada por Don Matheson (Mark Wilson)**
video


**A inesquecível dublagem de Kirk Douglas no filme épico Spartacus**
video



**FONTE DE PESQUISA: SITE DUBLANET E ARQUIVO PESSOAL**




**Marco Antônio dos Santos**

2 comentários:

Betarelli, Ivan D. disse...

João Paulo era um profissional com uma voz inconfundível e poderosa. Quando ele começou a fazer as séries japonesas na Álamo, foi em meados de 1989, no Jiraiya e Lion Man. Imortalizou-se no Dr. Jean Marrie de Jiban e no Imperador Neroz de Metalder.

Uma pena existir apenas essa foto antiga dele disponível na internet.

Trindade disse...

Que excepcional dublador era João Paulo Ramalho.Fiquei procurando uma palavra pra definir a sua voz. Acredito que elegante seria bom para definí-la. Eu acompanhei a série Tarzan na minha infância e assisti Spartacus e outros filmes que ele dublou. Difícil é achar tanta qualidade assim nos dias de hoje.

Postar um comentário