4 de setembro de 2009

DUBLADOR EM FOCO (64): EMERSON CAMARGO



Talvez não tivesse existido a AIC sem a direção adequada de Wolner Camargo, pai de Emerson Camargo. Da mesma maneira, podemos dizer que não haveria uma tradução inicial tão boa para Jornada nas Estrelas, onde termos foram adaptados ou até mesmo criados, numa série de ficção científica.

Emerson Camargo, assim como sua irmã Maria Cristina Camargo, também foram para a AIC. Lá tiveram oportunidades de demonstrar todo o seu potencial artístico. Cristina Camargo foi a primeira dubladora de Penny na série Perdidos no Espaço.

Já Emerson Camargo dublou convidados em séries como Cidade Nua, Rota 66 e logo ganhou um personagem: o capitão, Trompest, da série de animação inglesa Stingray. Em seguida, veio o inesquecível Major Nelson na série Jeannie é um Gênio, onde fez somente a 1ª temporada. Ao mesmo tempo, dublou o marujo Patterson em Viagem ao Fundo do do Mar nas 1ª e 2ª temporadas da série e Kuriaken em Agente da Uncle.




**EMERSON CAMARGO NA DÉCADA DE 1960**


Mas, paralelamente, já era tradutor e admirador de ficção científica, principalmente da obra de Isaac Asimov. Quando a extinta TV Excelsior de São Paulo trouxe Jornada nas Estrelas, ninguém tão interessado como ele em traduzir uma série de ficção científica que abordava temas avançados para a época.

Não podemos esquecer que Emerson Camargo emprestou a voz a um dos heróis mais cultuados até hoje: Nacional Kid. Essa série japonesa fez a alegria da garotada da época. A dublagem da série se perdeu, segundo consta num incêndio da TV Globo, porém na redublagem novamente veio o convite a quem de direito. Uma atitude decente da distribuidora.


**NACIONAL KID**


Porém, sua paixão era Jornada nas Estrelas, traduziu inicialmente os episódios e escalou um elenco de vozes brilhante: Para o capitão Kirk, ele próprio assumiu o personagem, Neville George como Dr. McCoy, Carlos Campanile como Scott, Helena Samara como Uhura. Revelou um novato que surgia para dublar o sr. Sulu: Eleu Salvador, o qual fez posteriormente uma carreira excelente em dublagem.


**1ª VOZ DO CAPITÃO KIRK (WILLIAM SHATNER)**


Seu maior problema era escalar o dublador para o sr. Spock, o alienígena sem emoções. Assim, pensou num dublador que conseguisse ter a voz mais "retilínea", quase sem demonstrar nada, e a escolha foi perfeita com Rebello Neto.

Entretanto, a história nunca é como gostaríamos que fosse! Emerson Camargo, sua irmã e seu pai se retiram da AIC, antes mesmo que ele terminasse a 1ª temporada da série, sendo substituído por Denis Carvalho.

A história também nos mostra um fato lamentável: a perda da dublagem da série!

Em 1991, a extinta TV Manchete resolveu trazer a série, pois já estava quase 10 anos fora de nossa tv, porém houve a necessidade da redublagem. Aqui, ao contrário de Nacional Kid, esqueram completamente dos pioneiros da AIC.
 Emerson Camargo deveria ter tido a oportunidade de escolher se gostaria ou não de dublar o capitão Kirk, assim como os demais.

Depois de sua saída da AIC, Emerson Camargo dublou , por um breve período no estúdio TV Cinesom e gerenciou a CineCastro em São Paulo.

Atualmente, segundo informações, tem a sua própria empresa de dublagem.

Um dos mais extraordinários trabalhos, realizado por Emerson Camargo, encontramos no episódio de Jornada nas Estrelas "O Inimigo Desconhecido", onde o roteiro é claramente inspirado em O Médico e o Monstro. Aqui, o lado do Mal se defronta com o lado do Bem do capitão Kirk, que por um problema técnico no teletransportador, reproduz o segundo capitão.

 
Uma das mais perfeitas dublagens de Emerson Camargo, inesquecível sob todos os aspectos.

Infelizmente, a dublagem desta série realizada pela AIC, foi uma obra de arte que o descaso privou as gerações atuais de assistirem.

Firme no leme!

**A voz do Major Nelson na 1ª temporada de Jeannie é um Gênio**
video

 **Aqui, a excelente dublagem de Emerson Camargo para o capitão Kirk, no episódio "O Inimigo Desconhecido"**

**PARTE 1**
video


**PARTE 2**
video


**Marco Antônio dos Santos**

3 de setembro de 2009

DUBLADOR EM FOCO (63): GARCIA NETO


Manoel Garcia Neto nasceu na cidade de Santos, em 1931, litoral de São Paulo, e realizou a dublagem de atores como Charles Bronson, Burt Lancaster, Clark Gable e Gregory Peck. Começou bem no início da AIC, já por volta de 1962 podemos ouví-lo em participações em desenhos como Os Jetsons e , principalmente, Os Flintstones, onde algumas vezes fez a voz do garoto Arnoldo, o qual atormentava Fred, é bom frisar que esse personagem foi bem esporádico.

**Sr. Baxter na série Hazel**

Logo também, além de participar da dublagem em filmes e como convidado em séries de tv, Garcia Neto também era diretor de dublagem. Consta que muitos episódios da série Vigilante Rodoviário foram dirigidos na dublagem por ele.

Por questões trabalhistas se afastou da AIC por um breve período, porém sendo reconduzido pela Justiça do Trabalho, retorna e assume praticamente a direção de dublagem de diversas séries de tv e filmes.

** BEN CARTWRIGHT NA SÉRIE BONANZA / 2ª DUBLAGEM DA SÉRIE (VOZ DE GARCIA NETO)**


Paralelamente dublava filmes e atores convidados nas séries da época: Viagem ao Fundo do Mar, A Caldeira do Diabo, Cidade Nua, Rota 66, Daniel Boone, etc, e fez alguns personagens fixos:


1 - Ben Cartwright na série Bonanza (fase dublada pela AIC).

2 - O garoto jornaleiro Arnoldo na 2ª e 3ª temporadas de Os Flintstones.

3 - Dublou o personagem sr. Baxter (patrão de Hazel na série homônima).

4- Walter Carisson na série O Homem Invisível de 1975.

5 - Foi por um período o narrador das aventuras no desenho O Pica-Pau (estúdio BKS).



**Walter Carisson na série "O Homem Invisível"**

Em 1980 se transfere para o Rio de Janeiro, indo para o estúdio Herbert Richers, onde ficou cerca de 16 anos, dublando e dirigindo. Um de seus trabalhos mais lembrados foi dublar o sr. Spock nos filmes da década de 1980.

Era pai do também dublador Garcia Júnior, o qual é sempre lembrado por ter dublado He-Man e Macgyver.

Garcia Neto faleceu em 27 de dezembro de 1996, de câncer, aos 65 anos de idade. Os seus últimos trabalhos foram a direção de dublagem de Toy Story e Corcunda de Notre Dame. Como dublador, ainda participa um pouco da 1ª temporada da série Lei e Ordem.

Lista de trabalhos:



Max Ray em Os Centurions;
Sr. Miyagi no desenho animado Karatê Kid e no filme Karatê Kid
Rei de Chifres em O Caldeirão Mágico
Chefe Apache e Samurai em Superamigos;
Os atores Burt Lancaster, Charles Bronson, Pat Morita e Gregory Peck;
Stargazer em Silverhawks;
Arnoldo (entregador de jornal) em Os Flintstones;
Falcama em Visionários - Os Guerreiros da Luz Mágica;
Sr. Crisp (James Coburn) em Mudança de Hábito 2
Vovô Mori Tanaka (Victor Wong) em 3 Ninjas
Professor Hart(1ª voz) em VR Troopers
Willie o Gigante, no papel de Fantasma do Natal Presente, em O conto de Natal do Mickey.
Ratchet,Ômega supremo e Unicron em Transformers.
Xerife Rosco P Coltraine Os Gatões
Várias pontas no seriado Chips (BKS).
narrador e personagens secundários do Pica-Pau.
Spock em (Star Trek)- Filmes
Jaga em Thundercats;
Homem-Fera em He-Man;
Diretor de dublagem de Viagem ao fundo do mar. (3ª e 4ª temporadas)


** Aqui, um grande momento na carreira de Garcia Neto na AIC, onde dubla o ator Lorne Greene, interpretando o patriarca da família na série Bonanza**

*PARTE 1*
video

*PARTE 2*
video




**Marco Antônio dos Santos**