16 de julho de 2009

DUBLADOR EM FOCO (58): MÁRIO JORGE MONTINI




Um dos pioneiros na dublagem brasileira, Mário Jorge Montini, nasceu a 29 de junho de 1927 na cidade de São Caetano do Sul no estado de São Paulo.

Com um vozeirão perfeito para vilões, Mário Jorge Montini fez alguns e também senhores ainda nas antigas radionovelas. A dublagem veio naturalmente , devido ao seu talento.

Assim, já a partir da Gravasom ele começa a integrar o elenco do estúdio que iniciava uma nova arte: dublagem. Já na AIC, suas escalações para filmes e séries de tv, sempre tendiam para os homens mais fortes, bandidos em westerns.

Mas, eis que surge a série Agente 86, e foi escolhido para dublar o Chefe de Max. Nesta série, Mário Jorge Montini também demonstrou a arte do humor com o vozeirão. Infelizmente, as temporadas dubladas pela AIC estão desaparecidas ou "perdidas", pois a série foi totalmente redublada.

**A VOZ DO CHEFE (EDWARD PLAT), NA SÉRIE AGENTE 86**

Participou de diversos filmes e fez vários convidados especiais em diversas séries da época: Viagem ao Fundo do Mar, Terra de Gigantes, Lancer, Daniel Boone, A Feiticeira, onde eventualmente dublava o pai de James.

Um de seus melhores trabalhos é o personagem João Grandão, ao lado do saudoso Nelson Batista, como o cãozinho Espirro, fizeram a alegria da garotada no início da década de 1970.




** A VOZ FORTE DE JOÃO GRANDÃO**



Após o encerramento das atividades da AIC continuou em outros estúdios como Álamo e BKS.

Mário Jorge Montini faleceu no dia 04 de maio de 2017, aos 89 anos.

Segue uma pequena lista de seus trabalhos na dublagem:

João Grandão em João Grandão (Dublagem AIC).
Chefe (Edward Platt) em Agente 86 (Dublagem AIC).
Arthur Bicudo (George Gaynes) em Punky - A Levada da Breca.
vendedor de tortas de maça azeda em Ursinhos Carinhosos.
Feodor Chaliapin Jr. (Jorge de Burgos) em O Nome da Rosa.
Shima (do episodio 1 ao 16) e varios monstros em Changeman.
Fluffi em Os Seis Biônicos.
Fuher em Cybercops.
Chefe em Inspetor Bugiganga.
Tartaruga do Mestre Kame em Dragon Ball (Gota Mágica) e Dragon Ball (Álamo).
Muri o novo patriarca de Namekusei em Dragon Ball Z - O Retorno de Coola (Filme).
Brutus em Popeye (Anos 80 - Álamo).
Grande Sábio (Wiseman) em Sailor Moon R.
Quimera com marreta subordinado do Ganância em Fullmetal Alchemist.
Avô de Júnior em O Pestinha.



**Neste vídeo temos Mário Jorge Montini dublando João Grandão ao lado de Nelson Batista (Espirro)**




**Aqui, temos um episódio da série Agente 86, com a dublagem da AIC, na qual Mário Jorge Montini dubla o Chefe.

OBS> O áudio está um pouco baixo devido à ação do tempo.





**Marco Antônio dos Santos**

DUBLADOR EM FOCO (57): OSMAR PRADO




Osmar Prado nasceu na capital paulista, em 18 de agosto de 1947. Seu nome verdadeiro é Osmar do Amaral Barbosa. Aparentava sempre menos idade.Estava com 10 anos quando começou como ator mirim na TV Paulista, segunda emissora a ser inaugurada em São Paulo. Na época a emissora pertencia a Organização Victor Costa. E Osmar Prado atuou nos principais teleteatros e novelas do Canal 5, que era a Paulista. Estrelou teleteatro infantil, com adaptações das histórias de Charles Dickens, com produção e direção de Líbero Miguel. O menino fazia sucesso.

Quando a emissora foi adquirida pela TV Globo, o garoto permaneceu lá. Participou então de:"As Grandes Esperanças", na TV Globo. E em várias outras novelas, como: "Mateus Falcone"; "A Herdeira de Ferleac"; "A Loja das Antigüidades";"Tortura DÄlma"; "Ilusões Perdidas".

Foi quando Osmar Prado transferiu-se para a TV Excelsior. Estava já com 20 anos e percebia a importância da nova emissora de São Paulo. Ali participou de novelas de muito sucesso. Fez:" A Muralha"; "Os "Estranhos"; "Dez Vidas".

**Final da década de 1960**

Justamente nesse período em que esteve na extinta TV Excelsior, Osmar Prado participou da AIC em diversos trabalhos. Dublou alguns convidados especiais em séries: Jornada nas Estrelas , Perdidos no Espaço e, principalmente, O Túnel do Tempo.

Seu primeiro personagem fixo foi o garoto da série Ivanhoé, com 15 anos de idade. Depois viria a dublagem do ator Ryan O'Neal na série Caldeira do Diabo (Peyton Place). Mas foi na 2ª temporada de Viagem ao Fundo do Mar que Osmar Prado ganhou um personagem mais conhecido da garotada: o marujo Rilley, que ficou apenas nessa temporada, pois fora convocado para combater na guerra do Vietnã.


**RYAN O'NEAL como RODNEY HARRINGTON na série A CALDEIRA DO DIABO**

Voz bem clara, demonstrando uma interpretação muito consistente, o seu ideal em ser ator, começa quando recebe um convite da TV Globo para integrar a novela "Assim na Terra Como no Céu", deixando São Paulo e também a dublagem na AIC.

** ALLAN HUNT, o marujo da série Viagem ao Fundo do Mar**

Fez uma longa carreira em novelas na TV Globo, mas passou também por outras emissoras. No início da década de 1970, ainda participa um pouco da dublagem no estúdio Herbert Richers, embora eventualmente.


Osmar Prado é hoje um nome conhecido nacionalmente , que também deu seus primeiros passos na AIC.

 **Aqui, dublando Billy the Kid na série O Túnel do Tempo**




**Marco Antônio dos Santos**

6 de julho de 2009

DUBLADOR EM FOCO (55): WILSON RIBEIRO

** WILSON RIBEIRO / FOTO EM 2007 **

Durante toda a década de 1960, Wilson Ribeiro foi um dublador praticamente presente em quase todas as séries de TV, desenhos ou filmes. Sua performace era tão extraordinária que obteve personagens fixos em diversas séries, além de ser um dos dubladores mais convocados para dublar os convidados especiais.

Infelizmente, por mais que tenhamos tentado não conseguimos descobrir a sua biografia antes de chegar à AIC. Sabemos, apenas, que o seu nome verdadeiro era Josias Nep Ribeiro. Entretanto, pouco importa, pois foi justamente neste estúdio que ele demonstrou toda a sua qualidade de trabalho. Herois ou terríveis vilões se transformavam completamente com sua voz e interpretação.


Para que possamos ter ideia de quantos personagens Wilson Ribeiro dublou, fizemos uma relação, porém talvez, provavelmente, tenhamos esquecido algum. Relacionamos aqui os seus personagens fixos, mas também algumas participações especiais dublando um ator convidado.



***PERSONAGENS FIXOS**

** James Drury em O Homem de Virgínia**


** Ratinho Faro Fino no desenho Olho Vivo e Faro Fino**



** Sr. Morton em Viagem ao Fundo do Mar**



** Scott Lancer na série Lancer**



** Manuelito (Manolo) em Chaparral**



** Gazoo em Os Flintstones**



**Jarrod Barkley na série Big Valley**



**OUTROS PERSONAGENS DUBLADOS**

**Detetive Adam na série Cidade Nua**


**Steven Hill na 1ª temporada de Missão Impossível**

**A voz no gravador de Missão Impossível na 2ª e 3ª temporadas**


**2ª voz de Napoleon Solo em O Agente da UNCLE**

**Sr. Morton em Viagem ao Fundo do Mar**


**WILSON RIBEIRO NA DÉCADA DE 1960**


Em todos esses personagens, Wilson Ribeiro foi fantástico na interpretação, mas aqui devemos destacar o personagem Manuelito em Chaparral, onde com um sotaque espanhol deu uma característica toda especial ao personagem sem o tornar caricato. Um trabalho primoroso , o qual infelizmente desapareceu.



Mas também, como convidado especial, parecia que fazia parte do elenco fixo da série. Participou de diversas filmes e séries de tv: Jornada nas Estrelas, A Feiticeira, Jeannie é um Gênio, Terra de Gigantes, O Túnel do Tempo, Perdidos no Espaço, além de diversos desenhos como Pepe Legal, Leão da Montanha, Dom Pixote, etc.

 Vamos listar alguns trabalhos primorosos, pois foram inúmeros:



**Adônis no episódio "Lamento por Adônis" de Jornada nas Estrelas"



**O alienígena no episódio "A Voz do Espírito" em Perdidos no Espaço, uma de suas melhores atuações***



** Vários convidados na série O Túnel do Tempo, como Robin Hood e mais uma dezena de participações**



** Em Terra de Gigantes nos episódios "Terror" e "Sabotagem"**



Enfim, um ótimo dublador que engrandeceu a dublagem brasileira na AIC !


**Faro Fino, no desenho Olho Vivo e Faro Fino**



 **Detetive Adam na série Cidade Nua**




**Jarrod Barkley na série Big Valley**


**Dublando Scott Lancer**


Wilson Ribeiro abandonou a carreira artística para se dedicar a outro tipo de atividade. Apesar de estar afastado há muitos anos da dublagem, um dublador dessa qualidade faz muita falta atualmente! 

Infelizmente, faleceu no dia 04 de fevereiro de 2010, vítima de um infarto fulminante.



**Marco Antônio dos Santos**