22 de outubro de 2009

A DUBLAGEM DO FILME "SINDICATO DE LADRÕES"




Premiado com Oscars de melhor filme, roteiro, direção, fotografia, direção de arte, ator (Brando) e atriz coadjuvante (Eva Marie Saint). Foi indicado a música, coadjuvantes (Lee J. Cobb, Karl Malden e Rod Steiger). O dramaturgo Arthur Miller se recusou a continuar participando do roteiro, porque brigou com o diretor Kazan quando este delatou seus ex-colegas de Partido Comunista perante a comissão de Inquérito do Congresso Schulberg.


 O roteirista também foi um dos que delatou os amigos. Por isso, o filme é considerado uma justificativa da delação e, a principio o próprio Brando não quis fazer o papel (e só aceitou porque Kazan foi seu descobridor e já tinham feito duas filmes juntos).

**Lee J. Cobb**

A maior parte dos personagens foi inspirada em pessoas reais: Brando em Anthony Di Vicenzo, Malden no padre John M Corrigan e Lee J. Cobb no gangster Albert Anastasia. Muitos estivadores de verdade trabalharam como figurantes. Foi a estréia de Eva Marie Saint, além de ter sido a primeira trilha musical composta para o cinema do maestro Leonard Bernstein.

Por mais que se admire o diretor Kazan, não há como negar que aqui ele faz uma justificativa ou apologia da delação. Sua inegável importância é mais devido ao fato de que ele teve grande influência no estilo de representar de toda uma geração, influenciada pelo chamado o "Método" de representação do Actor´s Studio. Foi um filme pesquisado, baseado numa série de reportagens e o autor fez um roteiro exemplar, ficando num meio termo entre documentário e romance.
 É um filme de denúncia onde certas cenas são admiráveis, assim como a fotografia de Kauffman , em especial na fuga noturna.

**A DUBLAGEM**

A dublagem realizada pela AIC é extraordinária, todos os dubladores participam no mesmo nível
de interpretação, dando ao filme uma característica mais contundente. Borges de Barros foi perfeito para dublar Lee J. Cobb. Mais uma dublagem digna de méritos, assim como Ézio Ramos.
Merecem destaque também as dublagens exemplares de Francisco José e Lucy Guimarães.

*Marlon Brando e Eva Marie Saint*



**ELENCO / PERSONAGENS / DUBLADORES** 

Marlon Brando (Terry Malloy): Ézio Ramos.  

Lee J. Cobb (Johnny Friendly): Borges de Barros.

Karl Malden (Padre Barry): Waldyr Guedes.

Rod Steiger (Charley Malloy): Francisco José.

Eva Marie Saint (Edie Doyle): Lucy Guimarães.


Leif Erickson (Glover): Francisco Borges.

James Westerfield (Big Mac): Carlos Leão.

Pat Henning (Timothy J ‘Nocaute’ Dugan): Gilberto Baroli.

Tami Mauriello (Tullio): José Soares.


Outras Vozes: Carlos Campanile, João Paulo Ramalho, Isaura Gomes.


**Karl Malden**




**Este filme já está disponível em DVD, porém, infelizmente, não traz a dublagem da AIC.

**Vamos relembrar a dublagam do estúdio AIC para o filme Sindicato de Ladrões**

**VÍDEO 1: Ézio Ramos e Lucy Guimarães
video

**Vídeo 2: Waldyr Guedes e Ézio Ramos
video

**Vídeo 3: Borges de Barros dublando Lee J. Cobb
video

**Marco Antônio dos Santos**

0 comentários:

Postar um comentário