1 de junho de 2009

DUBLADOR EM FOCO (53): MAGNO MARINO


**MAGNO MARINO NA DÉCADA DE 1960**


Da biografia deste dublador tão ativo, da década de 1960, sabemos muito pouco. Pesquisamos ao máximo sua presença nos estúdios da época e conseguimos esboçar um pequeno trajeto.

Nosso primeiro registro sonoro de Magno Marino é ainda no estúdio Gravasom, onde narrava as aberturas da série Além da Imaginação e dublava Rod Serling no resumo daquilo que o episódio iria apresentar.

Aqui, é bom frisar que Magno Marino fora substituído, algumas vezes, por Waldyr Guedes e por Ronaldo Baptista.



Na AIC, sua carreira continua bem marcante, fazendo algumas participações em desenhos da época, mas teve um personagem fixo, o qual fez a sua 1ª voz, "Chuvisco", sendo ,posteriormente substituído por Arakén Saldanha.
Aliás, nesse desenho, temos o maravilhoso trio: Older Cazarré, Gastão Renné e Magno Marino, onde Chuvisco sempre acabava se dando mal para pegar "esses roedores". Também foi o dublador de Catatau, sendo substituído, eventualmente, por Roberto Barreiros.



**A 1ª VOZ DO GATO CHUVISCO**



 

**A VOZ MAIS FREQUENTE DO URSO CATATAU**



Seguindo a experiência de Além da Imaginação, também foi o introdutor do enredo na série "Cidade Nua" e, no final do episódio, a célebre frase: "Há 8 milhões de histórias na cidade nua, esta foi apenas uma delas".
**Logotipo da abertura da série de tv Cidade Nua**




Fez a 2ª voz do General Peterson em Jeannie é um Gênio, a partir da 2ª temporada.




** 2ª VOZ DO GENERAL PETERSON / 2ª e 3ª TEMPORADAS DE JEANNIE É UM GÊNIO**




Também foi diretor de dublagem e surgia esporadicamente nas séries de tv da época: Viagem ao Fundo do Mar, A Feiticeira, Perdidos no Espaço, Terra de Gigantes, Jornada nas Estrelas, etc.

Em meados de 1968, Magno Marino se transfere para o Rio de Janeiro, onde foi participar do novo estúdio TV Cinesom, onde dirigiu e dublou algumas séries. Ao término do estúdio, ainda teve uma rápida passagem pela Peri Filmes e Herbert Richers.

Em 1976, participou na Tv Globo da novela "Vejo a Lua no Céu", porém com o nome artístico de Magno Egydio. Seu personagem era o tio da personagem intrepretada pela atriz Norma Blum.
 Continuou na TV Globo participando da linha de jornalismo da emissora. Magno Marino faleceu em 1991, vítima de um enfarto.

Sua filha, Magda Medeiros, também dublou na AIC. Quem tiver o episódio "O Cyborg" de Viagem ao Fundo do Mar, ouvirá a sua voz dublando a andróide que salva o almirante Nelson, além de diversas participações em desenhos como Os Flintstones, Manda-Chuva, etc.



**Fica aqui documentado o grande talento desse dublador de voz firme e pausada**


Para aqueles que quiserem recordar:


***Magno Marino dublando Catatau, o grande amigo de Zé Colmeia:
video


**A voz do gato Chuvisco**
video


**Neste outro vídeo, Magno Marino dubla o monstro na série Viagem ao Fundo do Mar. Uma transformação vocal excelente:
video



***Marco Antônio dos Santos***

1 comentários:

Domingos Oliveira disse...

Hoje descobri este site maravilhoso gosto de desenhos antigos com as vozes de quem esta por de traz da cortinas por assim dizer

Postar um comentário