19 de maio de 2009

DUBLADOR EM FOCO (50): IBRAHIM BARCHINI


"O QUE ACONTECERÁ COM OS NOSSOS COLONIZADORES DO ESPAÇO ?


NÃO DEIXEM DE VER, NA PRÓXIMA SEMANA, MAIS UM EPISÓDIO DA SÉRIE PERDIDOS NO ESPAÇO!!"



A 1ª e 2ª temporadas de Perdidos do Espaço foram estruturadas como um seriado de cinema, onde sempre terminava o episódio com a parada de cena, com algum perigo, levando-nos a querer assistir ao próximo episódio.



No episódio seguinte tínhamos: "NA SEMANA PASSADA COMO BEM RECORDAM, DEIXAMOS O MAJOR WEST E JUDDY, SEM SABER QUE UM TERRÍVEL TERREMOTO ESTARIA CHEGANDO".



Essa voz que levou a emoção a tantas crianças e adolescentes da época era de Ibrahim Barchini, o narrador oficial da AIC na época.



Segundo nosso banco de dados, os estúdios de dublagem não mencionavam onde era dublado o filme, desenho ou série. Com o crescimento dos estúdios, a AIC decidiu trazer a sua marca registrada.



No início: "Versão Brasileira da Arte Industrial Cinematográfica São Paulo" e, posteriormente AIC/SP.



Consta que a primeira série a ganhar um narrador foi Os 3 Patetas, em meados de 1964. Ibrahim Barchini já havia passado como locutor por algumas rádios e é convidado para integrar o elenco da AIC. Assim, ele também era a voz de manchetes de jornal em filmes, placas e locutor de rádio quando a série exigisse.



Dono de uma voz clara e potente, foi o narrador de Os 3 Patetas, A Feiticeira (1ª e 2ª temporadas), O Túnel do Tempo, Big Valley, Viagem ao Fundo do Mar (1ª e 2ª temporadas) e, principalmente, Perdidos no Espaço pela característica do seriado.



Formado em Direito, também atuava na AIC até o início de 1968 ,quando é aprovado num concurso para Oficial de Justiça, abandonando de vez a carreira artística.

 A AIC o substituiu por Carlos Alberto Vaccari que pela sua voz carregada de emoção marcou uma época! Assim, já a abertura da 3ª temporada de Perdidos no Espaço coube a Vaccari.


Ibrahim Barchini faleceu jovem, com apenas 48 anos de idade, no dia 12 de dezembro de 1992, vítima de um acidente de automóvel na cidade de São Paulo.



Aqui, para aqueles que desconhecem a sua voz, ou não se lembram, colocamos duas aberturas narradas por ele.



Uma grande voz da Arte Industrial Cinematográfica!!!!



** A narração da série Perdidos no Espaço (1ª Temporada)**



** A narração da abertura da série Big Valley (1ª Temporada):


OBS> Agradecemos aos seus familiares pelas informações obtidas***

**Marco Antônio dos Santos**

1 comentários:

Dagger disse...

Locutores memoráveis e inigualáveis. Vozes poderosas e emocionantes, e dicção impecáveis. Fizeram a alegria da minha infância e adolescência. A época áurea da dublagem brasileira. Já era covardia na época, imaginem essas feras com a tecnologia de hoje.

Postar um comentário