21 de novembro de 2008

DUBLADOR EM FOCO (39): ROBERTO BARREIROS



Roberto Barreiros nasceu em Ribeirão Preto, São Paulo. Começou a carreira cedo no Rádio em sua cidade, como radialista e diretor. Depois veio para São Paulo e trabalhou como radioator, também seguiu carreira musical na capital paulista espalhando seu trabalho musical por Rádio e Tv.

Cantava o gênero de musica popular brasileira da época com algumas influências das baladas americanas também. Gravou muito no estúdio paulista Chantecler. Fez muito sucesso com a musica Vou Morrer de Rir em 1966, dentre muitas outras.

Roberto Barreiros também foi comediante, trabalhou na Praça da Alegria ao lado de Manuel de Nóbrega na Tv Paulista, no final da década de 1950 e inicio da década 1960. Lá interpretava o personagem Teobaldo. Trabalhou em outros programas de comedia da televisão.

Na década de 1970, teve um programa próprio na Tv Record chamado "Porteira Para o Sucesso", no qual ele revelava novos talentos da música. O programa teve um curto período de existência.

A partir daí, dedicou-se única e, exclusivamente, para a música, que  é sua maior paixão. Além de seu gênero musical típico das décadas de 1960 e 1970, Barreiros também começou a gravar musicas sertanejas, sendo o primeiro cantor a gravar a musica "Rosto Molhado",  tendo sido um grande  sucesso.

   Na década de 2000 trabalhou na Rádio Gazeta AM, em São Paulo, apresentando flashback nacionais da 1h. às 5h. da manhã.
Roberto Barreiros iniciou na dublagem ainda na Gravasom, onde dublava três personagens no desenho Jambo e Ruivão (Narrador, Jambo e Ruivão). Ao lado de Older Cazarré formaram uma grande dupla nesse desenho.


Fundada a AIC, chega uma infinidade de personagens em desenhos animados produzidos por Hanna Barbera. Com a intuição correta, Older Cazarré o dirige em diversos desenhos. Teve participações em quase todos, com algum pequeno personagem, alterando um pouco a sua voz.




Seus personagens fixos são inesquecíveis:

**Tartaruga Touché** - talvez o mais famoso.


**Sr. Twiddle em Wally Gator**

**Babalu em Pepe Legal**



**Segundo narrador em Os Jetsons**

**Participações em Dom Pixote, Zé Colméia, Os Flintstones, etc.

Assim como ocorreu com Older Cazarré, praticamente só dublou desenhos, mas encontramos ainda em dublagens bem antigas, participações nas séries Rota 66, Império do Oeste e Cidade Nua.

Roberto Barreiros abandonou a dublagem para se dedicar a carreira de cantor e confessou, certa vez, no saudoso programa da TV Tupi "Almoço com as Estrelas", sua mágoa com a dublagem, pelo mesmo motivo que persiste atá hoje: direitos autorais!

Atualmente, consta que teve um programa de rádio, numa emissora do interior do estado de São Paulo, onde aborda, sobretudo, a música sertaneja.

É curioso, como nós brasileiros, não conseguimos dados ou pequenas informações sobre um artista que não foi divulgado pela mídia, mas faz parte de uma cultura "brasileira" !!


** A espetacular dublagem de Roberto Barreiros: o personagem Babalu no desenho Pepe Legal!


**VÍDEO 1:



**VÍDEO 2:




** Sr. Twiddle no desenho Wally Gator**

**VÍDEO 1:



**VÍDEO 2:



**Um pequeno trecho de "A Tartaruga Touché**






***Marco Antônio dos Santos***

1 comentários:

João David David disse...

Personagens inesquecíveis, obrigado por tudo, Roberto Barreiros.

Postar um comentário