21 de novembro de 2008

DUBLADOR EM FOCO (38): ROLANDO BOLDRIN




Rolando Boldrin nasceu em São Joaquim da Barra, interior de São Paulo. Família grande, eram 12 irmãos, sendo Rolando o sétimo.. Ele nasceu em 1936. Começou a cantar, ao lado do irmão, na cidade de Guaira. Com 16 anos veio sozinho para a capital paulista. Fez de tudo um pouco. Foi sapateiro, garçom, frentista de posto de gasolina.

Aos 18 anos serviu o Exército em Quitaúna. Mas seu desejo era cantar, tocar violão e “deitar prosa”. Em 1958 apareceu nas Emissoras Associadas, depois de ter tentado as Rádios São Paulo e Record.


Assinou o primeiro contrato como radioator. Fez radio-novelas, mas foi também para a televisão. Fez “TVs de Vanguarda” e “Grandes Teatros TUPI”. Fez: “A Sereia “; “Quem Casa com Maria”; “O Direito dos Filhos”; “A Viagem”; “O Profeta “; “Roda de Fogo”; “Se o Mar Contasse”; “Ovelha Negra”.


Mostrou-se um bom ator, tanto que foi chamado pela TV Record, onde apareceu em “Algemas de Ouro” ; “As Pupilas do Senhor Reitor; “Os Deuses Estão Mortos”.


Quando a TV Tupi foi fechada, Rolandro Boldrin foi para a TV Bandeirantes, no ano de 1979. Ali fez: “Cara a Cara”; “Pé de Vento”, “Cavalo Amarelo”; “Os Imigrantes”. Mas foi por essa época que Boldrin ganhou nome nacional. Ele foi contratado pela Rede Globo de Televisão, onde lançou um programa em que fazia o que mais ama e sabe: tocar violão, cantar e “contar causos”. O nome do programa: “Som Brasil” – Inesquecível programa, que foi a abertura para outros programas similares.


Boldrin depois lançou na Rede Bandeirantes: o “Empório Brasileiro” e no SBT, mais tarde, o “Empório Brasil”. Dono de uma musicalidade ímpar e uma enorme simpatia. Com outros parceiros já lançou na praça inúmeros discos. E ele é, de fato, o maior “contador” do Brasil. Por isso mesmo, viaja constantemente com seus shows, pois ele quer ir onde o povo está. Além disso, com seu grande coração, mantém uma atividade de benemerência uma entidade, para onde dá tudo de si, ajudando crianças necessitadas.


Atualmente apresenta o programa "Sr. Brasil", na TV Cultura, com muito sucesso e sempre com seu jeitão de homem simples, inteligente e bem brasileiro.


Este grande artista brasileiro, que passou pelas radionovelas, esteve presente também por um breve período na AIC. Lá participou de alguns filmes, fez alguns convidados especiais em séries de tv, como Perdidos no Espaço, no episódio da 1ª temporada "O Mercador do Espaço" e dublou Martin Landau até a metade da 1ª temporada de Missão Impossível, sendo substituído por Aldo César.



**1ª VOZ DE MARTIN LANDAU NA SÉRIE MISSÃO IMPOSSÍVEL**



Com o crescimento da telenovela, Rolando Boldrin abandonou a dublagem e se dedicou na Record, Tupi e Bandeirantes.





Um artista de muito gabarito que passou também pela AIC.



** Aqui, temos um trecho de um episódio da 1ª temporada de Missão Impossível, no qual Rolando Boldrin dubla o ator Martin Landau**




**Neste outro vídeo, Rolando Boldrin dubla novamente Martin Landau, ator convidado num episódio da série Big Valley**







**Marco Antônio dos Santos**

0 comentários:

Postar um comentário