5 de outubro de 2008

ENTREVISTA COM MARIA INÊS



***ESTA ENTREVISTA NOS FOI PROPORCIONADA DE UMA MANEIRA INFORMAL NO DIA 01/12/1993, NA CIDADE DE SÃO PAULO. PROCURAMOS, NA MEDIDA DO POSSÍVEL, RETIRAR A ORALIDADE DO TEXTO.***


1 - Você entrou na série Perdidos no Espaço para dublar o ator Kurt Russel como convidado. No episódio seguinte, você já assumiu a dublagem de Will Robinson. Como isso ocorreu ?

R: Bem, o Ary de Toledo já conhecia o meu trabalho em Rádio e me convidou se eu queria fazer uma participação no seriado. Eu fui e era o Kurt Russel, ainda adolescente. Esse episódio foi dirigido pelo próprio Ary de Toledo. Quando nós terminamos as gravações, fomos tomar um café e ele me perguntou se eu havia gostado de dublar e se eu queria integrar o elenco da AIC.

Eu fiquei espantada, mas aceitei. Então ele me respondeu que na próxima dublagem eu assumiria o Will Robinson.

NOTA> O episódio, no qual Kurt Russel é convidado especial, é "O Desafio" da 1ª temporada de Perdidos no Espaço.

2 - Então, você entrou para dublar Will Robinson de repente ?

R: Sim, na realidade o Ary de Toledo (sem que eu soubesse) fez um teste comigo dublando o Kurt Russel, pois ele já sabia que a Magali Sanches tinha avisado que aquele episódio seria a sua última dublagem, porque ela iria sair da AIC.

3 - E como foi assumir o Will Robinson ?

R: Na primeira vez, tive toda uma orientação dele, porque ele era pequeno e eu não queria que notassem muita diferença na mudança das vozes.

4 - A saída da Magali Sanches te trouxe uma série de personagens. Como foi ?

R: Foi, a Magali saiu porque queria se dedicar mais a sua família e tinha uma série de garotos que ela fazia. Aí vieram todos para mim, como o Dino Boy, o Bob de Frankstein Jr., por exemplo.

5 - Você dublou muitos garotos, e os adolescentes ?

R: Eu sempre ficava com os garotos. Os adolescentes, porque a voz já era diferente, já iam para o Zezinho Cútulo ou o Orlando Viggiani. Tanto é assim que, quando terminamos a dublagem de Perdidos no Espaço, já se falava numa provável substituição minha, porque o Will estava mais rapazinho. O que acabou não ocorrendo com o cancelamento do seriado.

6 - Você teve vários personagens fixos ? Quais te marcaram mais ?

R: Sem dúvida, o Will Robinson, pelo fato de ter sido a minha porta de entrada na AIC, pela equipe que dublava o seriado, mas também lembro com muito carinho do Dennis, o Pimentinha que era muito engraçado como ele atormentava o pobre vizinho dele gritando: "Sr. Wilson!!!!" rs,rs,rs,


** DENNIS, O TRAVESSO: UMA DUBLAGEM PRIMOROSA **


7 - E o Israel Boone ?

R: O Israel eu fiz até ele crescer e como ele era muito pequeno, eu tinha que dar todo um tom dengoso, um pouco mimado, mas às vezes, ele era corajoso. Eu tinha como "pais", dois colegas maravilhosos: a Áurea Maria (uma amiga muito querida!) e o Arquimedes que com aquela voz forte era moleirão com o filho Israel, rs, rs, rs.


** ISRAEL BOONE **


8 - Você dublou algumas mulheres ?

R: A que ficou mais conhecida foi a tia Clara da Samantha, mas foram poucos episódios, porque a atriz saiu da série. Também fiz algumas participações dublando mulheres como convidadas especiais.


NOTA> Na realidade, a atriz Marion Lorne (tia Clara) faleceu em 1968, durante as filmagens da série, esse foi o fato que ocasionou a retirada da personagem.


9 - Hoje, diferentemente da época, as dublagens de meninos(as) são realizadas por garotos(as). Foi uma nova postura na dublagem. Como você analisa esse fato ?

R: Há dois aspectos a serem analisados: o primeiro é que eu creio que fica mais adequada a voz, e, o segundo, precisa se verificar o potencial do jovem dublador, porque ele precisa de uma boa formação de escola de dublagem.

10 - Você não gostaria de retornar à dublagem ?

R: Da forma como ocorrem as coisas no universo da dublagem atualmente: não! Acredito que dei a minha contribuição numa época em que isso foi necessário. Hoje, jamais eu poderia dublar o Will Robinson, e o que é pior, sem a companhia do Borges de Barros, da Helena Samara, Aliomar, enfim, daquele pessoal todo!


******Agradecemos este pequeno depoimento de Maria Inês, porém de grande valor para todos os seus fãs*****


**Aqui, a dublagem de Will Robinson em Perdidos no Espaço: grande sucesso da época !!!

video


** A 1ª voz de Israel Boone:
video


**A voz de Dino Boy**
video



***Marco Antônio dos Santos***

3 comentários:

Anônimo disse...

que maravilha este depoimento. gostaria que fizessem com mais dubladores e de outras radionovelas. beijos

Unknown disse...

Estava em minha casa, Olinda, Pernambuco, precisei sair, não lembro para onde, ao chegar na parada do ônibus, conheci uma senhora, me pediu uma informação, trocamos algumas palavras, de repente como que num passe de mágica, esta senhora se revela como a dubladora do Wiil Robinson, foi um momento inesquecível, dessas coisas que só Deus explica, enfim, conversamos e ela toma outro rumo, se despede, começa a atravessar a rua, olha para traz e volta, me dá um beijo no rosto e segue seu rumo, pense num dia abençoado... Ao chegar em casa fui pesquisar, conferir, ver se era verdade, e era, quanta emoção.

kako disse...

Sou filho da Maria Inês. Hoje com 86 anos, sua memória já não é a mesma, mas se lembra de muitas coisas e para manter a chama dos apaixonados pela dublagem e os que quiserem perguntar alguma coisa, pode tirar suas dúvidas e dentro do possível ela irá responder.
Sim, estamos morando em Olinda - PE

Postar um comentário