29 de outubro de 2008

DUBLADOR EM FOCO (28): AMILTON FERNANDES




Amilton Fernandes nasceu no Rio Grande do Sul em 27 de abril de 1919. Iniciou a sua carreira como ator no teatro e logo chegaria a São Paulo encenando várias peças teatrais.

Em São Paulo, a extinta Tv Tupi logo o convidou para participar de seus teleteatros, TV de Vanguarda e TV de Comédia, ainda todos "ao vivo".



Já na década de 1960, o seu caminho natural foi para as novelas e também para o cinema.



Seu grande sucesso foi como ator principal, o personagem Albertinho Limonta, da novela “O Direito de Nascer” (1964 - 65), onde fez par romântico com a atriz Guy Loup. O sucesso do casal foi tanto, que o encerramento da novela aconteceu no Ginásio do Ibirapuera. No Rio de Janeiro, foi no Maracanãzinho inteiramente lotado, para que o povo pudesse aclamar seus ídolos. Albertinho Limonta jamais foi esquecido.






**O DIREITO DE NASCER: O GRANDE SUCESSO NA TV AO LADO DE ISAURA BRUNO**




Ainda na TV Tupi teve outro sucesso com a novela "Alma Cigana", a novela que revelou a atriz Ana Rosa para a televisão.



Com a abertura da TV Globo, Amilton Fernandes é contratado para participar de uma novela que se tornou também outro grande sucesso "O Sheik de Agadir" ao lado de Henrique Martins e Yoná Magalhães.


**O SHEIK DE AGADIR: AO LADO DE HENRIQUE MARTINS E YONÁ MAGALHÃES**

No cinema o ator fez os filmes: "O Vendedor de Linguiças", “Quatro Brasileiros em Paris”, "As Cariocas", " Adorável Trapalhão" com Renato Aragão, “Juventude e Ternura” e “Edu, Coração de Ouro”.

**AMILTON FERNANDES E A DUBLAGEM**

Devido a possuir uma grande sonoridade vocal, Amilton Fernandes também não ficou de fora da dublagem. Por volta de 1962/63 obteve o personagem Tod Stiles , interpretado por Martin Milner, na série Rota 66 (1960 - 1964).
 Essa série obteve um enorme sucesso nos Estados Unidos e foram exibidas as duas primeiras temporadas no Brasil. O parceiro de viagens de Martin Milner, foi interpretado pelo ator George Maharis, o qual foi dublado por Osmiro Campos.

**ROTA 66: MARTIN MILNER E GEORGE MAHARIS**

Além desse personagem fixo, Amilton Fernandes dublou também filmes nacionais na AIC e também no estúdio Odil Fono Brasil. Com a sua transferência para o Rio de Janeiro, abandonou a dublagem.

Amilton Fernandes faleceu, com 48 anos de idade, após uma longa enfermidade devido a um acidente de automóvel sofrido no Rio de Janeiro. O ator vinha de um ensaio na quadra da Mangueira quando se acidentou.
Devido a ser hemofílico, foi operado seis vezes e passou 70 dias internado, mas não resistiu aos ferimentos, falecendo no dia 07 de abril de 1968.



**Aqui, temos um episódio da série Rota 66, no qual além de Amilton Fernandes, há a presença dos dubladores Henrique Martins, Magali Sanches e Judy Teixeira**


**PARTE 1 /
video

**PARTE 2 /
video

**PARTE 3 /
video

**PARTE 4 /
video



**Marco Antônio dos Santos**

0 comentários:

Postar um comentário