9 de outubro de 2008

DUBLADOR EM FOCO (23): ROGÉRIO MÁRCICO



Rogério Márcico nasceu em Poços de Caldas, Minas Gerais, em 24 de fevereiro de 1930. Foi lá que iniciou sua carreira como radioator, na Rádio Cultura. Mudou-se depois para o Rio de Janeiro e na mesma função esteve nas Rádios Tupi e Nacional. Depois mudou-se para São Paulo e entrou para a TV Paulista, como ator.

Dono de uma voz grave e muito bonita, o ator se deu bem também na televisão. Após os primeiros trabalhos na TV Paulista, Rogério Márcico transferiu-se para a TV Tupi, e apareceu em seriados, como "Lever no Espaço", "Os Três Mosqueteiros", "O Pequeno Mundo de Dom Camilo". Participou também em vários "TVs de Vanguarda".

Em 1961 passou para a TV Excelsior e fez "A Muralha" e "Melodia Fatal". Esteve a seguir na TV Globo, em "O Ébrio". Voltou à Excelsior e foi escalado em: "As Minas de Prata", "Os Fantoches", "O Terceiro Pecado". Fez "Era Preciso Voltar", na TV Bandeirantes.

Depois disso esteve vários anos na TV Record, numa boa época dessa emissora. Fez :"As Pupilas do Senhor Reitor", "Os Deuses Estão Mortos", "Sol Amarelo", "Os Fidalgos da Casa Mourisca", "O Leopardo". De 1975 a 1979 voltou à TV Tupi e participou das novelas: "O Velho, o Menino e o Burro", "Vila do Arco", "Canção para Isabel", "O Julgamento", "Éramos Seis", "Roda de Fogo", "Gaivotas". Mais uma vez foi para a Bandeirantes e mais uma vez voltou ao SBT. Ali fez então: "Pecado de Amor", "Meus Filhos, Minha Vida", "Jerônimo".

Isso foi intercalado com participações em novelas da Rede Globo de Televisão. Então fez "Grande Sertão: Veredas", "Selva de Pedra", "Direito de Amar", "Vida Nova", "O Rei do Gado".

Intercalou com participações no SBT, aparecendo em "As Pupilas do Senhor Reitor", "Sangue do Meu Sangue", "Chiquititas". Apesar de tantas novelas, Rogério Márcico também participou em vários filmes. Uma de suas últimas participações foi na minissérie "A Cura", da Rede Globo, em 2010.

Grande profissional, ele conseguiu vários prêmios na vida, entre os quais: "Roquette Pinto" e "Prêmio Helena Silveira", como melhor ator.

Rogério Marcico participou ativamente do início da AIC com inúmeras participações em séries da época e desenhos. Sua habilidade com a voz ficou comprovada ao realizar a 1ª dublagem de Barney no desenho Os Flintstones e a 1ª voz de Bibo Pai, no desenho Bibo Pai e Bóbi Filho, mas paralelamente participava de outros desenhos como convidado.

** 1ª VOZ DE BARNEY ROUBLE EM OS FLINTSTONES**

Um ótimo profissional, cada vez mais foi sendo absorvido pelas novelas de tv, gênero que estava se expandindo na nossa televisão. Assim, Rogério Márcico deixa a AIC, tendo o seu personagem Barney Rublle substituído pelo dublador Waldyr Guedes.

Um enorme talento brasileiro que também passou pela AIC.


**Aqui, a dublagem de Barney Rouble, a qual ficou como a mais marcante**
video


*Neste outro vídeo, Rogério Márcico dubla Bibo, o Pai. Mais uma excelente performance do dublador ao lado de Waldyr Guedes que dubla Bóbi Filho*
video

**Aqui, Rogério Márcico dubla um ator convidado num episódio da série "Cidade Nua".
video


***Marco Antônio dos Santos***

0 comentários:

Postar um comentário