9 de outubro de 2008

DUBLADOR EM FOCO (22): TURÍBIO RUIZ



Turíbio Ruiz é filho de espanhois. Seus pais, imigrantes, vieram da Espanha e foram para as lavouras de café, do interior de São Paulo.


Turíbio nasceu a 26 de setembro de 1930, em Poá, pequena cidade do estado. Oito irmãos e uma infância pobre, mas livre e sem a preocupação com a fome. O pai logo se tornou motorista de caminhão e assim mesmo ganhava para alimentar todas aquelas bocas. Havia liberdade para as crianças. Mas para estudar era difícil. E Turíbio só o fez bem mais tarde e, embora fosse inteligente e o primeiro da classe, conseguiu um diploma falso, para se inscrever e passar no vestibular da Faculdade de Direito de Mogi das Cruzes, curso que não terminou.

Tempo de frequentar a escola não tinha, pois, como é óbvio, já aos doze anos começou a trabalhar como engraxate e ajudar o pai que tinha também uma banca na feira. Conseguiu outros empregos, mas logo sua atenção se voltou para o Rádio. Embora jovem, era alto e tinha a voz grave.

Foi trabalhar num serviço de altofalantes em Poá, e ali implantou o radioteatro, as novelas. Depois foi ser locutor da Rádio Marabá. Até que foi para a capital paulista e tentou todas, tendo sido reprovado em todas. Até que Nelson Martinez, na Rádio São Paulo o aceitou. Seu primeiro papel foi de Papa Pio XII, numa novela de Osmano Cardoso. Não deu muita importância para a televisão que era recém inaugurada, preferindo muito mais o rádio. Mas, assim como todo o elenco, foi obrigado a fazer ambas as coisas. Era uma correria, mas Turíbio ia bem e dava conta do recado.

Começou a participar dos famosos “TV de Vanguarda” e “TV de Comédia” na extinta Tv Tupi. Fez sucesso quando estrelou “Dom Quixote”. Nunca tinha ouvido falar dessa figura, mas leu o livro cinco vezes e, seu tipo físico o ajudou muito. Depois, Turíbio passou para a TV Paulista, TV Record, TV Cultura, TV Excelsior, TV Tupi e TV Globo. Tantas coisas fez, que lhe é difícil lembrar os nomes.

Fez diversas novelas na extinta TV Tupi e participou de dezenas de filmes.




** TURÍBIO RUIZ: DÉCADA DE 1990**


Apaixonou-se então, pelo teatro. E fez o monólogo “As mãos de Eurídice”, por vários anos, por todo o Brasil, sempre com muito sucesso. Fez ainda o monólogo “Lá”, o que também lhe garantiu a sobrevivência por muitos anos. No cinema fez vinte filmes. Começou com “O Sobrado”. Fez “Dorinha do Society”, “Chão bruto”, “Corisco, o diabo loiro”, “Fugitivo da vida”, “Estrada da vida”, e inúmeros outros. Durante dez anos ficou na peça “Trair e coçar”, grande sucesso na capital paulista.

Na AIC foi muito atuante, dono de uma voz forte, sempre foi escalado para filmes e convidados especiais em séries. Participou de Daniel Boone, Lancer, Jeannie é um Gênio e A Feiticeira, onde chegou a dublar o pai de James em alguns episódios.

** 2ª VOZ DO SR. SPOCK NA SÉRIE JORNADA NAS ESTRELAS**

Ficou muito conhecido por dois personagens fixos: a 2ª voz do Sr. Spock na série clássica Jornada nas Estrelas e a 1ª voz do vilão O Coringa em Batman.

** A 1ª VOZ DO VILÃO "O CORINGA" NA SÉRIE BATMAN **



**VAMOS REVER A DUBLAGEM DE TURÍBIO RUIZ**




**EPISÓDIO: "A ÚLTIMA GARGALHADA DO CORINGA"



**EPISÓDIO: "O EPITÁFIO DE BATMAN"



** Aqui, apresentamos um episódio da 3ª temporada da série Jornada nas Estrelas, no qual Turíbio Ruiz faz a 2ª voz de Spock**



**Curiosamente, Turíbio Ruiz dubla o ator Leonard Nimoy, convidado para este episódio da série Daniel Boone**


Ultimamente, tem realizado participações especiais em novelas, principalmente da TV Globo como "O Profeta", "Desejo Proibido" e "Caminho das Índias".
 Como sempre com a mesma categoria de um excelente ator.
Seu último trabalho,em novelas, foi interpretar um índio, avô da personagem Estela, na novela Araguaia (2010-2011) da Rede Globo.
Participou de um episódio da série "Os Experientes", exibida pela Rede Globo em 2015.

**Marco Antônio dos Santos**

0 comentários:

Postar um comentário