11 de setembro de 2008

DUBLADOR EM FOCO (02): BORGES DE BARROS



Fileto Borges de Barros nasceu em Corumbá, Mato Grosso do Sul, no dia 27 de março de 1920. Seu pai, Leobino Borges de Barros morreu, quando o filho nasceu. Era alfaiate e dos bons, segundo a esposa Tereza de Jesus Livio. Ele e seus cinco irmãos foram criados pela mãe e tiveram uma infância linda, ainda que pobre.

De Corumbá mudaram-se para Campo Grande. Borges de Barros estudou em colégio de padres, tendo no padre João Crippa o seu guia espiritual. Aos doze anos ele já era professor de catecismo e nunca pensou em ser artista. Depois, já em São Paulo, estudou no Instituto de Ciências e Letras, de Alfredo Pucca, e conheceu vários garotos que estavam se encaminhando para o rádio.


Borges, porém, foi trabalhar como guarda-livros, pois precisava ajudar no sustento da casa. Ele era um bom garoto e dava conta de tudo. Foi, porém, convidado para participar de uma festividade de final de ano do Instituto de Ciências e Letras, e perceberam que ele tinha “jeito para a coisa”. Foi assim que o encaminharam para a Rádio Difusora de São Paulo. Depois do que, passou a trabalhar no estúdio de gravação da Standard Propaganda, e logo no primeiro mês ganhou muito dinheiro. Sua mãe não podia imaginar que o filho estava sendo requisitado para todas as gravações e ganhando muito bem.


A vida de Borges de Barros deslanchou. E sua principal característica, que logo foi notada, era a capacidade de fazer “n” vozes diferentes. Tanto que logo começou também a dublar, e quando veio a lei, que obrigava que os filmes estrangeiros fossem dublados para passarem na televisão, ele tinha sempre trabalho.


**DÉCADA DE 1960 **

Dublou personagens famosos, mas o principal deles foi: “Dr. Smith”, em “Perdidos no Espaço”, seriado que fez sucesso por muitos anos na tv. Nesse veículo, a televisão, também Borges foi muito bem sucedido. E, embora procurasse fazer personagens sérios, sempre o escalavam para comédias. Enturmou-se com Manoel da Nóbrega, na TV Paulista, onde trabalhava desde 1951.


Ator muito versátil, colocando bigode, tirando bigode, seu rosto também se transformava. E sua voz era a mais variável possível. Manoel da Nóbrega o escolheu para fazer a “Praça da Alegria”, no papel de mendigo filósofo, e que fazia críticas políticas. O seu bordão “Caro colega” pegou no Brasil inteiro. Com Manoel da Nóbrega ficoou 25 anos. Dono de uma sensibilidade e de uma inteligência arguta e rara, esse era Fileto Borges de Barros, que fazia da voz, e do rosto o que quer. O homem das mil caras e das mil vozes.


Seu início na dublagem é ainda na extinta Gravasom, mas na AIC foi onde Borges de Barros demonstrou todo o seu talento. Era requisitado para dublar personagens durões em filmes, como Lee.J.Coob e Edward G. Robinson.


** O VILÃO PINGUIM EM BATMAN **

Nas séries de Tv, teve a sua grande experiência para a comédia dublando Moe em Os 3 Patetas, criando expressões que sempre identificavam o personagem: "seu cabeça de pudim". Também dublou o grande vilão de Batman: o Pinguim, nas duas primeiras temporadas da série.



** MOE EM "OS 3 PATETAS", A PERFEITA INTERPRETAÇÃO PARA O PERSONAGEM **


Mas, eis que surge Dr. Smith em Perdidos no Espaço, um dos personagens mais difíceis de ser dublado, pois ele vai da ambição do vilão para o medroso e alegre em questões de segundos.

 Borges de Barros deu a personalidade brasileira ao personagem, até hoje ainda é uma referência em dublagem, as expressões: "lata de sardinha, enferrujada", eram criadas por ele com a aprovação de Hélio Porto, o primeiro tradutor e diretor da série.


** DR. SMITH: A DUBLAGEM MAGNÍFICA DE BORGES DE BARROS


Além de diversas participações em séries, também teve em desenhos, tais como: Mosquete Mosquito e Moscardo e Pica-Pau, entre outros.
Fora do Brasil, este artista seria reverenciado pela sua capacidade, por sua humildade.
Talvez, a única mágoa que tenha tido, foi quanto aos direitos autorais dos dubladores, pois quantas vezes Perdidos no Espaço fora exibido em nossa tv ?
Borges de Barros e Helena Samara estavam sempre juntos atendendo aos pedidos de seus fãs e, quis Deus não os deixar muito tempo separados. Após um mês da partida de Helena Samara, Borges também parte para o "andar de cima" em 12 de dezembro de 2007.



**VAMOS REVER A DUBLAGEM DE BORGES DE BARROS**




*O VILÃO PINGUIM EM BATMAN**


**EPISÓDIO: "PINGUIM, O CANDIDATO"
video


**EPISÓDIO: "O EX-CANDIDATO PINGUIM"
video



**A MAGISTRAL DUBLAGEM DE DR. SMITH EM PERDIDOS NO ESPAÇO**
video

**DEPOIMENTO DE BORGES DE BARROS AO PRÓ-TV (MUSEU DA TV BRASILEIRA)**

**Marco Antônio dos Santos**