4 de agosto de 2016

DUBLAGEM INESQUECÍVEL (29): CAPITÃO ESCARLATE



A série Capitão Escarlate foi criada depois término da série Thunderbirds, usando também a técnica conhecida como Supermarionation, uma técnica avançada que envolve a manipulação de bonecos, efeitos especiais e outros dispositivos especializados.

Nesta técnica, os bonecos são controlados através de finos cordões de nylon, as vozes são registradas primeiramente e os diálogos são feitos controlando os movimentos da boca dos bonecos de forma que eles falem com bastante sincronização, o que dá a impressão que os bonecos tem vida própria.

 Thunderbirds já havia sido uma série de Supermarionation de grande sucesso. O seu criador, Gerry Anderson, queria fazer uma série adicional, mas propuseram-lhe que o ideal era fazer um nova de Supermarionation e assim em setembro de 1967 surgia o Capitão Escarlate.

Durante a década de 1960 havia uma especulação mundial sobre a possibilidade de haver vida no planeta Marte. Baseado nesta hipótese, Gerry Anderson, criou a sua próxima produção de televisão, ao redor de uma possível forma alienígena que ele chamou de Mysterons.


Gerry evitou adivinhar de como seriam os alienígenas e assim criou os Mysterons invisíveis. Deste modo, se formas de vida fossem descobertas em Marte, em anos posteriores, o seriado não ficaria obsoleto. Os Mysterons eram uma raça alienígena invisíveis que tinham o poder de destruir pessoas e objetos ou substituí-los por réplicas que ficavam ao seu controle.

Tudo começou quando os exploradores, acidentalmente, causaram um guerra interestelar no início da colonização do planeta Marte. Ao localizar uma cidade marciana habitada pelos Mysterons, os exploradores julgando que seriam atacados, resolveram atacar primeiro. Tudo que os Mysterons estavam querendo era travar contato com os terráqueos, mas ao serem atacados resolveram destruir a Terra, por considerarem maléfica e perigosa.

Para isso os Mysterons enviaram o vilão Capitão Black para a Terra e o Capitão Escarlate foi incumbido de proteger o Presidente do mundo dos ataques dos Mysterons. O Planeta Terra já era evoluído suficientemente para ter apenas um presidente mundial.


O grupo Spectrum contava com os carros especiais pilotados pelos agentes e o auxilio das aeronaves  do grupo Anjos, cujo esquadrão era formado por mulheres pilotos com os codinomes Destino, Harmonia, Melodia e Rapsódia. Só que os Mysterons tinham um espião chamado Capitão Black que representava grande perigo para o Capitão Escarlate e seus aliados.


O Capitão Escarlate pertencia a uma organização terráquea chamada Spectrum, que era responsável para manter a paz mundial e para isso contava com uma base aérea fixa no céu. Essas bases eram mantidas suspensas no ar por jatos estabilizadores, proporcionando a estabilidade necessária para que as bases não caíssem.

Havia também nas bases o esquadrão de jatos pilotados por mulheres chamadas de Anjos. Os anjos estavam bem a frente profissionalmente de seu tempo, 1967, era incrível ver mulheres pilotando. Porém a série era fixada no século 21 e isto era uma previsão para o futuro.

O Capitão Escarlate foi o primeiro boneco a possuir as proporções exatas de um ser humano criado por Gerry Anderson e também pela primeira vez foi possível criar um lábio com pequenos componentes que davam sincronia eletronicamente, que eram fixados no tórax dos bonecos.


Curiosamente, as mãos dos bonecos não podiam segurar objetos, o que significava que quando uma mão de um personagem dava por exemplo, um tiro, uma mão humana era usada como substituição. Barry Gray compôs a música tema da série Capitão Escarlate. Foi uma das primeiras pessoas a usar a música eletrônica para uma trilha sonora de televisão.

Capitão Escarlate estreou na televisão americana em setembro de 1967 e ficou até maio de 1968.


 No Brasil ela foi apresentada a partir do final dos anos 60, também com grande sucesso.

  
*BASE SPECTRUM*



**A SÉRIE NO BRASIL**

Capitão Escarlate teve apenas uma temporada de produção (1967-68) e estreou no Brasil através da TV Tupi em julho de 1968.
A série, assim como na Inglaterra, obteve grande sucesso, mas os produtores decidiram encerrar a produção de séries com bonecos, partindo para séries de ficção científica com atores.

Capitão Escarlate teve a exibição de seus 32 episódios na TV Tupi durante um longo período.

Após algum tempo fora da grade de programação, somente retornaria em 1971/72, através da "Faixa Quente", a qual incluía também Stingray e Thunderbirds.
 No horário da tarde, a cada dia da semana, era exibida uma série. Isto ocorreu durante quase um ano.

Depois dessa exibição dessas séries, não encontramos registros de exibição em outras emissoras, somente Thunderbirds retornaria em 1991, porém já totalmente redublado, exibido pelo SBT.




*A DUBLAGEM DA AIC*

A dublagem de Capitão Escarlate foi realizada no primeiro semestre de 1968 e contou com um elenco de vozes primoroso, o que valorizou muito a manipulação realizada com bonecos. Uma dublagem excelente que trouxe um brilho às aventuras exibidas.

Infelizmente, todas as séries inglesas perderam sua dublagem, mas por volta de 1985, ainda foram encontrados dois episódios de Capitão Escarlate com a dublagem intacta da AIC.
Esses episódios foram reunidos numa fita VHS e se encontrava em algumas locadoras de fitas para vídeocassetes. 


**PERSONAGENS / DUBLADORES**


*Capitão Escarlate: Flávio Galvão*

*Capitão Black: Magno Marino*

*Cpitão Blue: Marcelo Gastaldi*

*Coronel White: José Miziara*

*Tenente Green: Hugo de Aquino Júnior*

*Capitão Grey: Carlos Campanile*

*Capitão Ochre: Olney Cazarré*

*Capitão Magenta: Rebello Neto*

*Dr. Fawn: Celso Vasconcellos*

*Anjo Destino: Rita Cleós*

*Anjo Rapsódia: Deise Celeste*

*Anjo Sinfonia: Áurea Maria*

*Anjo Harmonia: Joferraz*

**VOZ DOS MYSTERONS: Magno Marino (falsete)**


**VAMOS REVER 2 TRECHOS DE CAPITÃO ESCARLATE**


*VÍDEO 1*
video



*VÍDEO 2*
video



**Marco Antônio dos Santos**

14 de julho de 2016

CLÁSSICOS H.B. / AIC (05): O SHOW DE PETER POTAMUS


Peter Potamus foi um desenho animado produzido pela Hanna-Barbera Productions, com roteiros de Tony Benedict, Warren Foster e Dalton Sandifer, através dos produtores Joseph Barbera e William Hanna, cujas primeiras matérias promocionais deste deste show levava o título de Peter Potamus and his Magic Flying Ballon, porém esse título nunca apareceu nos desenhos animados.

O desenho animado começou a ser apresentado pela primeira vez nos Estados Unidos, em syndication, em 16 de setembro de 1964, num programa de meia hora de duração, e dividido em três segmentos, onde Peter Potamus era sempre o primeiro segmento a ser apresentado. Depois vinham o segmento de Matracatrica e Fofoquinha e os desenhos animados de Mosquete, Mosquito e Moscardo.

Depois de dois anos, o show passou a ser transmitido com exclusividade pela rede ABC, onde foi definitivamente denominado de “The Peter Potamus Show”, assim como foi licenciada pela Whitman Publishing para diversos usos, tais como livros para colorir, assim como pela Gold Key Comics, que começou a lançar os quadrinhos de Peter Potamus, em 1965.


Peter Potamus era um hipopótamo roxo e muito simpático que viajava através do tempo num balão inflável, juntamente como seu companheiro, um macaco também muito alegre chamado carinhosamente de So-So, que no Brasil ficou conhecido pelo nome de Tico-Mico.

Assim que eles giravam um relógio do tempo, Peter Potamus e Tico-Mico viajavam através do tempo para passados distantes como na idade das cavernas ou então para épocas mais recentes nos tempos coloniais.

Assim como muitos viajantes do tempo, quando as coisas começavam a dar errado, Peter e Tico-Mico podiam redefinir os eventuais desvios ao longo do curso da história e com isso aprendia muito sobre a história.

Peter Potamus gostava de usar um capacete e uma jaqueta safári  e Tico-Mico usava somente um boné e uma camiseta. Quando Peter Potamus começava a ter problemas e usava de sua arma secreta, o seu super sopro, que era tão forte e conseguia até arremessar seus adversários para bem longe ou então usar o sopro para fazer com que o balão alcançasse mais velocidade.


O personagem de Peter Potamus era vocalizado originalmente por Daws Butler e o seu ajudante o macaco So-So recebia a voz de Don Messiack e, no Brasil, foi dublado magistralmente pela AIC.
Infelizmente, houve a perda da dublagem de alguns episódios, os quais foram, pessimamente, redublados.

Os desenhos de Peter Potamus, assim como do Gorila Maguila, que também surgiu pela mesma época, não chegaram a fazer tanto sucesso com os outros personagens de Hanna-Barbera, mas mesmo assim a dupla Potamus e Tico Mico apareceu em “A Arca do Zé Colméia"

**DUBLADORES**

*PETER POTAMUS: JOSÉ SOARES*
*TICO-MICO: HUGO DE AQUINO JÚNIOR*



*VAMOS REVER 2 EPISÓDIOS*

*EPISÓDIO 1*
video


*EPISÓDIO 2*
video


O segmento de Breezly and Sneezly, conhecido no Brasil como Matracatrica e Fofoquinha mostrava as aventuras de um urso branco polar muito engraçado e astuto chamado Matracatrica (Breezly Bruin) e o seu companheiro uma pequena foca chamada Foquinha (Sneezly Seal) que vivia gripado.

Os dois moravam num iglu, em pleno Ártico e em quase todos os episódios mostravam o ambicioso urso, planejando e arquitetando uma forma de arrombar o acampamento do exército, para roubar ou desfrutar de alguma coisa de lá, diante dos olhos atentos do Coronel Mandragão (Fusby).


Durante a primeira temporada, dentro do programa de Peter Potamus, o segmento de Matracatrica e Fofoquinha teve 23 episódios e na segunda temporada o segmento acabou sendo substituído pela do Coelho Ricochete e Blau-Blau.

Os desenhos desse segmento não tiveram mais vida depois de seu encerramento, ao contrário de outros personagens secundários de Hanna-Barbera, mas assim mesmo foram utilizados para brinquedos e lancheiras, mas de forma menor. A Gold Key nunca publicou uma história em quadrinhos especialmente para eles.

**DUBLADORES*

*MATRACATRICA: FLÁVIO GALVÃO*
*FOFOQUINHA: OLNEY CAZARRÉ*
*CORONEL MARZAGÃO: GASTÃO RENNÉ (1ª voz) e OSMIRO CAMPOS (2ª voz)*

*VAMOS REVER 1 EPISÓDIO*

video



Yippee, Yappee and Yahooey, também conhecido como Mosquito, Mosquete e Moscardo era um desenho animado que possuía um enredo muito simples, baseado em três mosqueteiros muito atrapalhados, que serviam e protegiam o Rei. 

Em suas aventuras eles cruzavam com dragões e outros tipos de vilões. A série teve 23 episódios, de aproximadamente 6 minutos cada. As vozes dos personagens principais foram vocalizadas por Doug Young como Yuppee; Daws Butler como Yahooey e Hal Smith como Yappee e The King.


Na realidade este desenho animado não tem antecedente direto com a Hanna-Barbera Productions, é apenas uma paródia de Os Três Mosqueteiros, que Hanna e Barbera utilizaram quando ainda eram diretores de estúdio na MGM, e utilizaram dentro do elenco de Tom & Jerry como The Two Mousekeeters. Depois reaproveitados para preencher um segmento dentro do show do Peter Potamus.

Os três mosqueteiros deste desenho animado têm quase nada a ver com a real história dos mosqueteiros que estamos acostumados a ver, mas passavam bem perto, o suficiente para provocar risos nas crianças. Depois do encerramento da série de The Peter Potamus Show, essa animação nunca mais foi utilizada.


*DUBLADORES*
*Mosquito: Wilson Ribeiro.
*Moscardo: César Leitão.
*Mosquete: Roberto Barreiros (1ª voz) e Borges de Barros (2ª voz).
*Rei: Older Cazarré.

*VAMOS REVER 1 EPISÓDIO*

video

O Show de Peter Potamus foi exibido em diversas emissoras brasileiras, mas após o surgimento da tv a cabo, os segmentos foram desmembrados e ainda são exibidos, eventualmente, agora pelo canal Tooncast.

A extraordinária dublagem brasileira da AIC para estes desenhos foi mais uma demonstração da qualidade que era realizada pelo estúdio, e ficou um legado de uma verdadeira obra de arte.

**PARABÉNS A TODOS OS DUBLADORES QUE PARTICIPARAM*


A título de curiosidade, temos aqui um episódio de Peter Potamus e Tico-Mico que foi redublado, devido à perda da dublagem.

A redublagem foi necessária, mas ficou um trabalho de péssima qualidade, devido à total falta de uma direção de dublagem que atendesse às características dos personagens.

Analisem, comparem e tirem as suas próprias conclusões!!!!


video

*Marco Antônio dos Santos*